UERJ inaugura auditório acessível

O Reitor da UERJ, Ricardo Vieira Alves, inaugura o primeiro e único auditório acessível das universidades públicas fluminenses totalmente equipado para realização de eventos internacionais com tradução simultânea, além de audiodescrição de filmes e vídeos para deficientes visuais, no dia 22 de março. O espaço, financiado pela FAPERJ, conta ainda com adaptações de acessibilidade para portadores de deficiência. Esta é uma realização do Departamento Cultural da Sub-Reitoria de Extensão e Cultura da universidade em parceria com o Departamento de Cooperação Internacional, que optaram por batizar o novo equipamento em homenagem ao grande compositor da Mangueira, Cartola.

Convite virtual para a inauguração do auditório acessível da UERJ

A inauguração do auditório acessível acontecerá às 14 horas, com o evento de nomeação e diplomação do Conselho de Guardiões do Sagrado e da Natureza, que reunirá algumas das mais importantes autoridades religiosas de matriz afro-brasileiras. Este Conselho atuará na construção de políticas públicas que respeitem e garantam a diversidade da vida e das culturas em unidades de conservação e a proteção das águas, compatibilizando práticas culturais e ambientais. O Evento contará, ainda, com a presença do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc.

O Auditório Cartola conta com aparelhagem multimídia, que o torna pioneiro na tecnologia de tradução simultânea de idiomas em um espaço público do Estado. O objetivo é intensificar a organização de congressos e seminários com a presença de pesquisadores do exterior. Além disso, o novo auditório foi especialmente projetado para o acesso livre, tanto de cadeirantes, quanto de deficientes visuais. Estes, aliás, terão a vantagem do recurso da audiodescrição – as imagens e ações são descritas oralmente, de forma simultânea ao som original. Há ainda assentos adaptados para pessoas obesas e para cadeiras de rodas.

A UERJ tem trabalhado para intensificar a inclusão dessas pessoas em seus eventos, conforme a Lei Federal nº 10.098, de 19 de Dezembro de 2000. Garantir o acesso aos lugares públicos, ao entretenimento e à cultura faz parte da idéia de inclusão social, e é cada vez mais necessário em nosso país.

Serviço:

Nomeação e Diplomação do Conselho de Guardiões do Sagrado e da Natureza
Inauguração do Auditório Acessível

Data: 22 de março de 2012, às 14 horas.
Auditório Cartola
Centro Cultural da UERJ
Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã
Tel: 2334-0538, email: coart_uerj@yahoo.com.br

Fonte: Coart / UERJ

Mais sobre audiodescrição
Alunos do curso de Especialização em Audiodescrição, promovido pelo Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento
Nos últimos meses me dediquei exclusivamente aos cursos de formação de professores, tendo atuado, simultaneamente,
Para apresentar o tema audiodescrição aos estudantes que participam de um projeto de iniciação científica


Mais sobre audiodescrição
Alunos do curso de Especialização em Audiodescrição, promovido pelo Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento
Nos últimos meses me dediquei exclusivamente aos cursos de formação de professores, tendo atuado, simultaneamente,
Para apresentar o tema audiodescrição aos estudantes que participam de um projeto de iniciação científica