Cultura, gastronomia, acessibilidade no Palco Giratório 2012

Entre os dias 4 e 26 de maio, o Recife vai receber um dos maiores eventos de artes cênicas do país: o Festival Palco Giratório, realizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) em Pernambuco. Esta 6ª edição contará com uma programação variada de espetáculos e atividades formativas, além de um novo palco que servirá de interação entre a cena teatral do estado e a do Rio Grande do Sul. Cultura, gastronomia, acessibilidade para pessoas com deficiência serão os destaques deste ano. Ao todo, serão 30 espetáculos, de 26 companhias brasileiras.

Cultura, gastronomia, acessibilidade: Anjo Negro - cartaz da peça

Anjo Negro’, da Cia Teatro Mosaico, do Mato Grosso (Foto: Divulgação)

Os espetáculos estão distribuídos nos teatros Marco Camarotti, Capiba, Barreto Júnior, Hermilo Borba Filho, Apolo e Luiz Mendonça, a preços populares. Há opções para crianças e adultos, cobrindo variados gêneros, como o drama, comédia, dança e formas animadas. O público pode conferir, ainda, as apresentações gratuitas na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio; no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem; e na Praça do Campo Santo, em Santo Amaro.

Entre os destaques, estão as demonstrações de trabalho "O Eco do Silêncio", do diretor de teatro italiano Eugenio Barba, fundador da companhia norueguesa Odin Teatret; e "Prisão para a Liberdade", do ator, pesquisador e co-fundador do LUME (SP) Carlos Simioni.

Cultura, gastronomia, acessibilidade: Eu Vim da Ilha - cartaz da peça

Eu vim da Ilha, do Sesc Petrolina (Foto: Divulgação)

Acessibilidade

Este ano, cinco espetáculos contarão com audiodescrição e tradução para libras, para pessoas com deficiência visual e auditiva, respectivamente. São eles a peça de abertura "Eu vim da Ilha", da Cia de Dança do Sesc Petrolina (PE); "Este Lado para Cima", da Brava Companhia (SP); "Vila Tarsila", da Cia. Druw (SP); "Divinas", da Duas Companhias (PE); e "Algodão Doce", do grupo Mão Molenga (PE). O Sesc Pernambuco também vai distribuir folder da programação na versão com áudio-descrição. O projeto também vai promover debates e oficinas para a classe artística e os que desejam conhecer mais esse universo. A Cena Bacante continua nesta edição para valorizar as sedes dos grupos locais, que serão palco de performances temáticas todos os sábados de maio.

Gastronomia

A Cena Gastrô vai trazer um cardápio exclusivo, inspirado nos nomes dos espetáculos. As receitas podem ser conferidas nas unidades do Sesc Santo Amaro, Casa Amarela, Santa Rita e Piedade.

Com criação de Givaldo Marques, a Comedoria do Sesc Casa Amarela oferecerá a sobremesa Príncipe Exupéry no Império da Cana de Açúcar, uma mini torta servida com massa especial e merengue de laranja (R$ 3) e o petisco Círculos, uma trouxinha recheada com salmão e molho de acerola (R$ 5).

No restaurante do Sesc Santa Rita, a inspiração de Adriana Solange e Josilene Higino deu forma a Massas Divinas, gravatinha ao molho de carne seca cremoso, à salada Cru Crocante, mix de vegetais e frutas regados ao vinagre balsâmico com fava seca rajada, queijo coalho, filé de frango ao cubos, castanha torrada e presunto, e ao Peixe Eu Vim da Ilha, filé de surubim ao molho cítrico cremoso e gengibre. Os três pratos estarão disponíveis no self-service. Cada 100g custa R$ 1,60 (público em geral) e R$ 0,80 (comerciários e dependentes). Os chefs também criaram a sobremesa Algodão Doce, banana caramelizada com creme de frutas (R$ 2).

No Sesc Santo Amaro, os pratos estarão disponíveis na cantina, no horário dos espetáculos. Lá, o público poderá conferir o Na Manga, Pai e Filho Panados, risoto de manga com salmão e ervas, file de camarão, manteiga de alcaparras e geléia de pimenta e manga (R$ 14), criação de Otaviano Fontes; e a Salada Levianinhas, mix de folhas com tomate seco, picles, alcaparras, pepino em conserva, amêndoas laminadas, queijo parmesão ralado e pimentões coloridos regados ao molho de mostarda, licor de rapadura e licor de rosas (R$ 21), assinada pela chef Silvana Soares.

O espetáculo "O Pranto de Maria Parda" dá nome ao petit gateau de massa para tapioca japonesa com recheio de Nego Bom (R$ 2,50), de Courtis Peixoto e Alberto Rodrigues Nunes. A dupla também se inspirou no espetáculo "A Barca" para criar um petisco servido em cestinhas de maçã com filé de camarão, cenoura ralada, melão cozido e cebola regada no azeite (R$ 5). Os dois pratos estarão disponíveis no bar/ lanchonete do Sesc Piedade.

Cultura, gastronomia, acessibilidade: Prisão Para A Liberdade - cartaz da peça

Prisão para a Liberdade, demonstração de Carlos Simioni, da Lume (SP) (Foto: Divulgação)

Intercâmbio

A novidade este ano é o Palco REC POA, um intercâmbio entre a cena teatral pernambucana e do Rio Grande do Sul, resultado de uma parceria entre as regionais do Sesc. De Porto Alegre, vêm ao Recife as montagens "Xirê das Águas" e "Louça Cinderella", da Cia. Gente Falante, e "Play Beckett", do GRUPOJOGO de Experimentação Cênica. Daqui, seguem os espetáculos em Porto Alegre "Eu Vim da Ilha", da Cia de Dança do Sesc Petrolina, e "Decripolou Totepou", da artista Odília Nunes.

Dos grupos que vão se apresentar no Palco Giratório do Recife, 16 foram selecionados pela curadoria nacional do festival e vão circular por todos os estados do país. Dentre eles, dois são de Pernambuco: o Grupo Grial de Dança, com os espetáculos "A Barca", "Cavalo-marinho" e "Travessia"; e a Trupe Ensaia Aqui e Acolá, com a comédia "O amor de Clotilde por um certo Leandro Dantas".

Programação com audiodescrição e lingua de sinais

>Sexta-feira (04)
– 19h30, Teatro Barreto Júnior
Eu vim da Ilha (gratuito)
Cia. de Dança do Sesc Petrolina (PE)
(Áudio-descrição e tradução em libras)

Quinta-feira (10)
– 16h, Praça da Independência
Este lado para cima
Companhia Paulista de Teatro (SP)
(Áudio-descrição e tradução em libras)
Classificação etária: 16 anos

Sábado (12)
– 16h30, Teatro Luiz Mendonça
Vila Tarsila Cia. Druw (SP)
(Áudio-descrição e tradução em libras)
Classificação etária: adolescentes e crianças acima de 5 anos

Domingo (13)
– 19h, Teatro Marco Camarotti
Divinas Duas Companhias (PE)
(Áudio-descrição e tradução em libras)
Classificação etária: livre

Sábado (19)
– 16h30, Teatro Marco Camarotti
Algodão Doce Mão Molenga (PE)
(Áudio-descrição e tradução em libras)
Classificação etária: oito anos

>Serviço

Festival Palco Giratório Recife
04 a 26 de maio de 2010
Ingressos: R$ 12 (público em geral) / R$ 6 (comerciários e dependentes, estudantes, idosos e professores)

Fonte: G1 – PE

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma