Curso de audiodescrição para professores da rede municipal

Curso OPTATIVO – "O Uso da Audiodescrição na Escola"

COMUNICADO Nº 606, DE 09 DE ABRIL DE 2012

O Secretário Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo, no uso de suas atribuições, e conforme o que lhe representou a Diretora da Diretoria de Orientação Técnica, DIVULGA a realização de Curso OPTATIVO – "O Uso da Audiodescrição na Escola".

JUSTIFICATIVA:

A Rede conta hoje com uma demanda significativa de alunos com deficiência visual, cegueira e baixa visão, em que a Audiodescrição irá contribuir enquanto recurso comunicacional, visando otimizar o processo de aprendizagem e favorecer as relações interpessoais no contexto escolar. Pautadas na constatação de tal necessidade, entendemos a necessidade de oferecer formação continuada para os professores da rede que atuam com alunos cegos e com baixa visão no serviço de apoio e na classe comum, visando subsidiar o professor no desenvolvimento de sua ação pedagógica.

OBJETIVOS GERAIS:

Apresentar e discutir a audiodescrição como recurso de acessibilidade comunicacional, visando contribuir para a disseminação de práticas mais inclusivas, bem como enriquecer a ação pedagógica.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  • Apresentar a audiodescrição como um instrumento de mediação, possibilitando o acesso ao universo imagético da sala de aula e do contexto escolar, ampliando as oportunidades de aprendizagem dos alunos cegos e de baixa visão,
  • Estimular a interação entre professores no compartilhamento de experiências e reflexões geradas a partir das atividades propostas, partindo da concepção de aprendizagem como um processo socialmente mediado pelo outro;
  • Discutir a audiodescrição no sentido de favorecer a ampliação do senso de observação, do acervo de palavras e da fluência verbal, bem como a leitura crítica de mundo.

CONTEÚDOS:

1- Audiodescrição visual e barreiras comunicacionais;

2- Audiodescrição – conceito e benefícios para alunos com deficiência visual;

3- A audiodescrição no material didático;

4- A audiodescrição em atividades culturais e recreativas no contexto escolar;

5- A audiodescrição no livro de histórias;

6- Princípios e características lingüísticas da audiodescrição;

7- Elaboração de roteiros para a Audiodescrição.

METODOLOGIA:

– Atividades individuais e em grupo;

– Atividades práticas de descrição e sumarização de imagens estáticas e dinâmicas;

– Preparação de atividades didáticas com audiodescrição.

PÚBLICO ALVO:

-Representantes de DOT- Educação Especial;

-Professor que atue nas SAAIs e como PAAI;

-Professor de Educação Infantil;

– Professor de Educação e Ensino Fundamental I;

– Professor de Ensino Fundamental II e Médio.

Obs: Somente poderão se inscrever professores que tenham em suas turmas alunos com deficiência visual.

INSCRIÇÕES:

As inscrições serão realizadas pelo Diretor de Escola ou seu representante legal, mediante entrega de memorando ou e-mail ao CEFAI, a critério de cada DRE, com os seguintes dados: Nome completo; RF, Vínculo, RG, CPF, Padrão, horário de trabalho, copia do holerite atualizado e indicação de nome e série do aluno com cegueira ou baixa visão na U.E., para justificar o encaminhamento do servidor.

LOCAL DE INSCRIÇÃO:

Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão – CEFAI de cada DRE.

Regente:

Lívia Maria Villela de Mello Motta

CRONOGRAMA:

SME/DOT – EE Palestras 18/04/2012- 16 /05/2012 9 às 13horas;

IQ / SM 14/4/2012 28/04/2012 8h às 13 horas;

IP / PE 05/05/2012 19/05/2012 8h às 13 horas;

BT / PJ 09/06/2012 23/06/2012 8h às 13 horas;

FO / JT 11/08/2012 25/08/2012 8h às 13 horas;

CS/CL 01/09/2012 15/09/2012 8h às 13 horas;

G/MP 06/10/2012 20/10/2012 Sábado.

AVALIAÇÃO:

Os participantes serão avaliados pela participação nas atividades propostas e freqüência.

CERTIFICADO:

Fará jus ao certificado o participante que obtiver 100% de freqüência e conceito S.

DURAÇÃO:

6 horas por encontro.

CARGA HORÁRIA:

12 horas.

VAGAS:

30 (sendo 15 para cada DRE ).

ÁREA PROMOTORA:

SME/DOT G/DOT EDUCAÇÃO ESPECIAL

Fonte: Diário Oficial da Cidade de São Paulo de 10/04/2012 página 31

Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer


Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer