Auditório lotado em seminário sobre audiodescrição na Bahia

No Auditório Wally Salomão, na Uesb, campus de Jequié, tomado por acadêmicos, professores, pesquisadores, profissionais, representantes de entidades civis e órgãos públicos da sociedade jequieense, foi aberta na manhã desta sexta-feira, 18, a programação do Seminário Leitura de Olhos Fechados. A mesa-redonda teve a temática "Audiodescrição para todos" e seus componentes discursaram a respeito de suas experiências e projetos, cujo principal objetivo foi levar o cinema para os deficientes visuais, por meio da audiodescrição de imagens.

Grande publico compareceu ao seminario

Flávia Affonso Mayer relatou aos presentes no evento sua pesquisa de dissertação. "Em 2010, comecei a pesquisar sobre a audiodescrição e trazer efetivamente isso para o campo da comunicação, foi quando nasceu o projeto de extensão Cinema ao pé do ouvido. Esse Seminário é importante e necessário, pois ainda somos pesquisadores nessa área", ressalta.

Componentes da mesa-redonda

Segundo a professora Marina Helena Silva a audiodescrição não é restrita às pessoas cegas. "É um recurso fantástico para todos, e nós, através deste, podemos repensar nossas metodologias e práticas. O público presente é bem propício a esse repensar", declara.

A professora Regina Terume Yamaki, do Departamento de Química e Exatas (DQE) da Uesb, ao participar do Seminário afirmou que "nós vamos receber uma aluna agora com baixa visão, e meu interesse em participar deste evento é me inteirar um pouquinho das dificuldades que nós iremos enfrentar e essa mesa-redonda que acabei de assistir foi muito interessante pois foram relatadas situações de deficientes visuais fazendo trabalhos de pessoas normais. Então foi muito interessante para mim, pois neste momento eu começo a me abrir um pouquinho para poder aprender mais sobre este assunto", afirma a professora.

A programação do Leitura de Olhos Fechados transcorreu no decorrer de todo o dia na Uesb, campus de Jequié, que teve entrada franca.

por Wellington Nery

Fonte: Universidade do Sudoeste da Bahia – Assessoria de Comunicação

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na