Exposição Rio+20, agora em Ourinhos

Mostra, que ganhou recursos de acessibilidade, começa hoje, 16 de maio e vai até a 30 de maio.

O Câmpus de Ourinhos recebe de 16 a 30 de maio a exposição de fotografias Rio+20 Click, realizada a partir de imagens publicadas na revista Unesp Ciência. Após passar pela Reitoria, em São Paulo (SP), a mostra também esteve em Presidente Prudente, em comemoração aos 53 anos da Faculdade de Ciências e Tecnologia. Já há agendamentos confirmados para as unidades de Rosana e São José do Rio Preto.

Em Prudente, a exposição ganhou características de inclusão para deficientes visuais. Os itens do acervo foram adaptados pela equipe da professora Arlete Meneguette, presidente da Comissão de Acessibilidade da unidade. Foram utilizados materiais com diferentes texturas (emborrachado, pelúcia, feltro, papel alumínio, papel microondulado, papel Paraná, espuma injetada, tecido, hidromiçanga, tinta dimensional, barbante etc).

O material elaborado foi apresentado aos alunos atendidos na Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente. Eles realizaram uma avaliação e contribuíram para o aprimoramento dos modelos.

Acessibilidade

Com base na foto de um botão de flor de laranjeira perfurado por uma abelha (a qual aparece pousada na superfície do botão de flor), o game designer Matheus Meneguette e o estudante Ulisses de Paula e Silva, da Unesp de Ourinhos, construíram diversos modelos táteis.

Matheus Meneguette também elaborou modelos em 2.5D (sugerem o 3D no 2D) utilizando papel fotográfico e emborrachado, simulando diferentes camadas em baixo e alto relevo, semelhante à técnica usada em construção de maquetes. Ele usou, ainda, as 20 fotos da exposição para criar jogos de tabuleiro, como quebra-cabeça, dominó, sequência temporal etc.

Uilian Vigentin, da Unesp de Araraquara, transformou os textos descritivos da exposição em uma audiodescrição. Para isso, ele criou os arquivos MP3 e utilizou um software leitor de tela.

Foram elaborados também modelos tridimensionais pela artista plástica Rita Cavalli de Oliveira, voluntária do projeto. Ela utilizou tecido, material emborrachado, massa acrílica, tela, tinta, silicone e outros materiais para representar o botão de flor e a abelha, o mais fielmente possível à realidade.

Para enriquecer o acervo, foram elaborados textos impressos em letras ampliadas e textos impressos em braile, por meio de uma parceria com o CPIDES (Centro de Promoção da Inclusão Digital, Escolar e Social) da Unesp de Presidente Prudente.

Instituições públicas ou privadas que tiverem interesse em receber a mostra, devem mandar um e-mail para unesp.imprensa@reitoria.unesp.br .

Fonte: Rede SACI

Mais sobre audiodescrição
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por
A Associação Morungaba inaugura no dia 12 de setembro, às 18h, a exposição fotográfica Itinerante


Mais sobre audiodescrição
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por
A Associação Morungaba inaugura no dia 12 de setembro, às 18h, a exposição fotográfica Itinerante