Hoje tem Oficinas de Audiodescrição e Legendagem

O CUCA Che Guevara através do I Edital Ação Jovem realizará em maio, oficinas de audiodescrição e de legendagem para o teatro e para o cinema, em Fortaleza (CE).

O I Edital Ação Jovem é uma iniciativa do Instituto de Cultura, Arte, Ciência e Esporte – Instituto CUCA que premiou dez projetos nas áreas de Cultura, Arte, Ciência, Esporte, Protagonismo Juvenil, Promoção de Saúde, Comunicação Popular e Economia Criativa, apresentados por jovens alunos, ex-alunos e participantes do programa Comunidade em Pauta do CUCA Che Guevara, com idade entre 15 e 29 anos. O objetivo desta iniciativa é fomentar a concepção de projetos autorais que envolvam conhecimentos adquiridos no convívio com a comunidade do CUCA Che Guevara e estimular o empreendedorismo sociocultural dos jovens e o desenvolvimento de suas competências para a idealização, a elaboração e a realização de seus projetos.

Um dos dez contemplados foi o projeto de Bruna Leão, tradutora audiovisual da ATAV Brasil e pesquisadora do Grupo LEAD da UECE, intitulado "Projeto Teatro e Cinema Acessíveis para Pessoas com Deficiência Sensorial", cujo objetivo é introduzir os princípios básicos da audiodescrição e da legendagem para o teatro e para o cinema em duas oficinas destinadas aos alunos do CUCA Che Guevara e demais jovens da comunidade do entorno.

Segundo Bruna, é preciso preparar os jovens produtores e realizadores do teatro e do cinema cearenses para o mercado emergente de produções audiovisuais acessíveis às pessoas com deficiência visual e surdas, fomentando a cultura acessível em nossa sociedade e estimulando projetos culturais que envolvam a audiodescrição e a legendagem como recursos de acessibilidade para todos os públicos.

Bruna Alves Leão

Foto: Tiago Braga

Descrição da foto: foto de Bruna na cabine do Cineteatro do CUCA Che Guevara. Ela é vista de costas usando um microfone preso à cabeça, modelo headset. Ao fundo, vê-se pela janela da cabine os atores no palco.

Além disso, essas modalidades de tradução audiovisual possibilitam uma nova forma de ocupação e de renda para os jovens através do desenvolvimento de habilidades técnicas específicas e inovadoras no universo das artes, acredita a pesquisadora.

Assim, cada uma das oficinas propõe uma nova forma de pensar a arte, contribuindo para que futuros produtores e realizadores idealizem seus projetos contemplando a temática da acessibilidade, concluiu a idealizadora do projeto que ofertará as oficinas.

A oficina de audiodescrição tem início esta tarde no CUCA Che Guevara, localizado em Fortaleza, na Barra do Ceará. As inscrições são inteiramente gratuitas! Para inscrever-se, o jovem pode enviar um e-mail para b.matilde@hotmail.com, entrar em contato pelo telefone (85) 8657.9021 ou dirigir-se à Biblioteca do CUCA Che Guevara.

Fonte: Assessoria de Imprensa – ATAV Brasil

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na