Ao Vencedor, As Batatas: Luciane conta como foi

Muito bom ver a audiodescrição se espalhando por todo o país, principalmente no interior. Melhor ainda ver relatos como esse de Luciane Molina contando como foi!

Platéia do teatro; alguns espectadores usam fones de ouvido para acompanharem a audiodescrição da peça

Como já anunciado anteriormente por mim nesse blog e em outros veículos de comunicação, rádios e jornais, aconteceu na tarde dessa sexta-feira, 22, a sessão de teatro com audiodescrição, Ao Vencedor, as Batatas do grupo paulistano CIA da Galhofa.

Foi uma oportunidade inédida e que mobilizou pessoas de Guaratinguetá e cidades vizinhas convidadas para assistir à apresentação.

E é claro que eu não poderia ficar de fora! Estive lá acompanhando cada etapa desde os bastidores, encenação e visita tátil ao cenário.

Recebemos fones para a recepção do áudio e nos acomodamos na platéia. Estiveram presentes acompanhando a audiodescrição pessoas com deficiência visual de Guaratinguetá, Lorena, Aparecida e Cachoeira Paulista. Professoras das salas de recursos do Atendimento Educacional Especializado (Projeto VIDA) e outros profissionais da secretaria de educação de Lorena. Profissionais da audiodescrição, Juliana Panissa de Poá/SP, Flávia Machado e outros audiodescritores da TV Aparecida. Também presentes alguns amigos e alunos do curso que ministro de braille e audiodescrição.

Leia o relato completo no blog "Espaço Braille", de Luciane Molina, e veja o álbum de fotos do evento, todas descritas, claro!

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma