Gaúchos participam dos trabalhos de audiodescrição na Rio+20

Gaúchos são audiodescritores na Rio+20. Os irmãos Lara, Graciela e Fernando Pozzobon integram equipe ao lado de Kemi Oshiro, Debora Manhaes e Marcia Caspary A Organização das Nações Unidas e o Comitê Nacional de Organização da Rio+20 conta com uma equipe de audiodescritores, em que figuram seis gaúchos. Os irmãos Lara, Graciela e Fernando Pozzobon integram o time ao lado de Kemi Oshiro, Debora Manhaes e Márcia Cáspary. O grupo teve o objetivo de trazer para o alcance de todos os debates e encontros que acontecem até a próxima sexta-feira, 22, no Rio de Janeiro. A coordenação do serviço de Audiodescrição fica por conta da produtora carioca, Lavoro. O trabalho desse time, composto por mais de 40 pessoas, oriundas de diversas formações, busca proporcionar a acessibilidade, descrevendo fotos, vídeos e slides de apresentações dos palestrantes, bem como ambiente e movimentação nas salas. Completando as ferramentas, os participantes têm a sua disposição intérpretes de Libras, que acompanham as sessões, enquanto telões com legenda em tempo real permitem que deficientes auditivos participem do encontro. Fonte: Coletiva.Net

Mais sobre audiodescrição
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017


Mais sobre audiodescrição
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017