Teatro acessível em Corumbá

Nos dias 21 e 22 de agosto, a cidade de Corumbá recebe a turnê do grupo de teatro Os Inclusos e os Sisos – Teatro de Mobilização pela Diversidade, projeto cultural da ONG Escola de Gente – Comunicação em Inclusão, com a peça "Ninguém mais vai ser bonzinho – Em esquetes". Com o patrocínio da Vale e do Ministério da Cultura, as apresentações são gratuitas e acontecem no Auditório Salomão Baruki, com sessões às 15h e às 19, no dia 16, e às 10 e às 14, no dia 17.

Além dos espetáculos, no dia 22 de agosto, de 19h às 22h, o público também poderá participar de oficinas de teatro inclusivo, ministradas pelos atores e pelo diretor da peça, com a supervisão da Escola de Gente. As oficinas têm vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas através do e-mail escoladegente@escoladegente.org.br.

Criado em 2003 pela atriz e VJ da MTV Tatá Werneck com outros/as estudantes de Artes Cênicas da Unirio, o grupo encena espetáculos que abordam com humor temas como a discriminação, o preconceito e a inclusão na sociedade. As apresentações contam com todos os recursos de acessibilidade previstos por lei, como intérprete de Libras, audiodescrição, legenda eletrônica, programas em braile e em letra ampliada, além da reserva de assentos para pessoas com dificuldade de locomoção, garantindo a todos o acesso à cultura.

Durante todo o mês de agosto, os Inclusos estão em circulação pelo Brasil. Depois de passar por São Luís, no Maranhão, Parauabepas e Belém, no Pará, o grupo chega a Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Em seguida, a peça segue viagem, chegando a Vitória, no Espírito Santo, última parada da turnê. O projeto faz parte da campanha Teatro acessível: arte, prazer e direitos, lançada em 2011 pela Escola de Gente e Ministério da Cultura como parte das celebrações pelos 10 anos da ONG. Na última década, a Escola de Gente vem trabalhando a favor da inclusão de grupos em situação de vulnerabilidade na sociedade, especialmente crianças, adolescentes e jovens com deficiência, sensibilizando diretamente para a causa da inclusão cerca de 400 mil pessoas em diversos países de distintos continentes.

A Vale, como estratégia de investimento institucional voluntário, apoia projetos em cinco eixos: cultural, social, esportivo, ambiental e técnico. Desta forma, a temática da acessibilidade, levantada pela Escola de Gente por meio da campanha Teatro acessível: arte, prazer e direitos, vem ao encontro das diretrizes adotadas no cotidiano da empresa: a valorização da diversidade, a inclusão social e o respeito às diferenças.

PROGRAMAÇÃO CORUMBÁ – MS

Local: Auditório Salomão Baruki (Rua Batista das Neves, 601, Universitário)

Dia 21 de agosto 15h e 19h: Espetáculo

Dia 22 de agosto: 10h e 14h: Espetáculo

19 às 22h: Oficina de Teatro Acessível

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma