Museu de Arte Moderna da Bahia inaugura visitas guiadas com audiodescrição

Pela primeira vez, o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) vai utilizar o recurso de audiodescrição (AD) nas visitas guiadas, para ampliar o acesso de deficientes visuais e intelectuais e o entendimento das obras da exposição "Jorge Amado é Universal" – fotografias, folhetos de cordel, livros e objetos que contam a história do escritor baiano.

Museu de Arte Moderna da Bahia

As visitas, gratuitas, com grupos de até 15 pessoas, acontecerão de 1º a 14 de outubro, às terças, quintas e sábados, das 16 às 18h.

A audiodescrição é realizada por profissionais especializados do grupo de pesquisa Tradução, Mídia e Audiodescrição (Tramad), da Universidade Federal da Bahia (Ufba), coordenada por Eliana Franco, professora do Instituto de Letras da instituição e especialista em Tradução Audiovisual. Uma das entidades confirmadas para as visitas é a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), de Santo Amaro, no dia 9.

A AD é feita em etapas e pode ser pré-gravada ou ao vivo. "Partimos da ideia de descrever o que se vê. Isso significa que se deve evitar informação desnecessária ou interpretação do conteúdo para o entendimento do público", explica Eliana. No caso do MAM-BA, a audiodescrição será ao vivo.

A audiodescrição proporciona às pessoas com diversos graus de deficiência visual o acesso a filmes, peças de teatro, espetáculos de dança, exposições e outros eventos que têm a imagem como base de interpretação e compreensão.

"Eu me afastei muito do cinema quando perdi minha visão por completo, justamente pelo vazio que sentia. Com a possibilidade do recurso da audiodescrição, pessoas como eu poderão voltar a frequentar as salas de cinema", afirma o diretor da Ong Arcca – Acesso e Reinteração à Comunicação, Cultura e Arte, Ednílson Sacramento.

Fonte: IBahia

Mais sobre audiodescrição
Quem disse que arte e tecnologia não podem andar de mãos dadas? Para provar que
Os visitantes com deficiência visual que comparecerem ao Museu Pelé, em Santos (SP), contam agora
Os programas de acesso de um dos maiores e mais importantes museus do mundo –


Mais sobre audiodescrição
Quem disse que arte e tecnologia não podem andar de mãos dadas? Para provar que
Os visitantes com deficiência visual que comparecerem ao Museu Pelé, em Santos (SP), contam agora
Os programas de acesso de um dos maiores e mais importantes museus do mundo –