Uma Professora Muito Maluqinha: com audiodescrição no MIS

O Museu da Imagem e do Som de Campinas em parceria com o projeto Cine BR em Movimento e Vez da Voz apresentam: CICLO Cine BR em Movimento – curadoria de Bell Machado com o filme Uma Professora Muito Maluquinha (2011). Direção: André Pinto e Cesar Rodrigues.

A exibição do filme contará com o recurso de acessibilidade da audiodescrição, que será feita ao vivo por Bell Machado, audiodescritora da Vez da Voz.

Uma Professora Muito maluqinha - descrição do cartaz abaixo

Sinopse de Uma Professora Muito maluqinha:

Catharina (Paola Oliveira) foi enviada à cidade grande para estudar, quando era criança. Hoje, aos 18 anos, retornou à sua cidade natal e passou a lecionar em uma escola primária. O único problema é que sua chegada começa logo a provocar certos rebuliços na cidade porque seu comportamento totalmente diferente do tradicional, pessoal e profissionalmente falando, começa a incomodar as pessoas. Mas a cidade também recebe o padre Beto (Joaquim Lopes), discípulo de Monsenhor Félix (Chico Anysio), que também retorna e acaba sendo procurado pela tradicionais professoras que querem derrubar a querida professorinha que conquistou o coração de sua turma com seus métodos não convencionais de ensino. Sem contar que ele desperta atração nos homens da cidade, como Mário (Max Fercondini) Carlito (Cadu Fávero) e Pedro Poeta (Rodrigo Pandolfo). Pressionada, Amanda encontra-se dividida entre a paixão pelo ensino e o amor proibido, que aflora em seu coração e fica cada vez mais forte.

Descrição do cartaz de Uma Professora Muito maluqinha:

Fundo preto. Em cima está escrito: Petrobrás apresenta Cinema Grátis perto de você. Logo abaixo uma foto colorida: Fundo amarelo. Em cima está escrito: Paola Oliveira em Uma professora muito maluquinha. Logo abaixo a foto de uma mulher de pele clara, olhos castanhos e boca carnuda. Tem cabelos ondulados, compridos e escuros. Ela está sorrindo para a câmera e piscando um dos olhos. Segura sobre a sua cabeça uma cartolina preta recortada. Sua base é reta e a parte superior é recortada em forma de três ondulações que se assemelham a montes ou à forma de um chapéu de pirata. Na frente dele vemos a letra N. Ela veste uma blusa vermelha e logo abaixo estão outras pequenas fotos dos atores do filme. Do lado esquerdo do cartaz a logomarca do projeto: Uma claquete de cinema verde e amarela escrito BR e abaixo Cinema BR em Movimento

Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo


Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo