Uma Professora Muito Maluqinha: com audiodescrição no MIS

O Museu da Imagem e do Som de Campinas em parceria com o projeto Cine BR em Movimento e Vez da Voz apresentam: CICLO Cine BR em Movimento – curadoria de Bell Machado com o filme Uma Professora Muito Maluquinha (2011). Direção: André Pinto e Cesar Rodrigues.

A exibição do filme contará com o recurso de acessibilidade da audiodescrição, que será feita ao vivo por Bell Machado, audiodescritora da Vez da Voz.

Uma Professora Muito maluqinha - descrição do cartaz abaixo

Sinopse de Uma Professora Muito maluqinha:

Catharina (Paola Oliveira) foi enviada à cidade grande para estudar, quando era criança. Hoje, aos 18 anos, retornou à sua cidade natal e passou a lecionar em uma escola primária. O único problema é que sua chegada começa logo a provocar certos rebuliços na cidade porque seu comportamento totalmente diferente do tradicional, pessoal e profissionalmente falando, começa a incomodar as pessoas. Mas a cidade também recebe o padre Beto (Joaquim Lopes), discípulo de Monsenhor Félix (Chico Anysio), que também retorna e acaba sendo procurado pela tradicionais professoras que querem derrubar a querida professorinha que conquistou o coração de sua turma com seus métodos não convencionais de ensino. Sem contar que ele desperta atração nos homens da cidade, como Mário (Max Fercondini) Carlito (Cadu Fávero) e Pedro Poeta (Rodrigo Pandolfo). Pressionada, Amanda encontra-se dividida entre a paixão pelo ensino e o amor proibido, que aflora em seu coração e fica cada vez mais forte.

Descrição do cartaz de Uma Professora Muito maluqinha:

Fundo preto. Em cima está escrito: Petrobrás apresenta Cinema Grátis perto de você. Logo abaixo uma foto colorida: Fundo amarelo. Em cima está escrito: Paola Oliveira em Uma professora muito maluquinha. Logo abaixo a foto de uma mulher de pele clara, olhos castanhos e boca carnuda. Tem cabelos ondulados, compridos e escuros. Ela está sorrindo para a câmera e piscando um dos olhos. Segura sobre a sua cabeça uma cartolina preta recortada. Sua base é reta e a parte superior é recortada em forma de três ondulações que se assemelham a montes ou à forma de um chapéu de pirata. Na frente dele vemos a letra N. Ela veste uma blusa vermelha e logo abaixo estão outras pequenas fotos dos atores do filme. Do lado esquerdo do cartaz a logomarca do projeto: Uma claquete de cinema verde e amarela escrito BR e abaixo Cinema BR em Movimento

Mais sobre audiodescrição
Assistir as produções cinematográficas está cada vez mais ao alcance das mãos. Eu mesmo tenho
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre


Mais sobre audiodescrição
Assistir as produções cinematográficas está cada vez mais ao alcance das mãos. Eu mesmo tenho
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre