Curso Acessibilidade e Cultura no SESC Vila Mariana – SP

Apresentação de temas atuais sobre as relações sociais, as pessoas com deficiências e a cultura. Curso composto pelos seguintes tópicos:

Dia 27 – Acessibilidade, Cultura e Inclusão

Enfoque sobre conceitos fundamentais sobre a acessibilidade, pensando o fazer cultural enquanto traço constitutivo do Homem e as pessoas com deficiência como consumidoras e produtoras de cultura, por meio da interação social vista como elemento estimulador da criatividade e da ampliação do olhar.

Apresentação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, visto como base do exercício do acesso à Cultura, à Educação, à Informação e à Convivência.

Reflexão sobre as diversas acepções da palavra "Acessibilidade".

Com Marta Gil

Socióloga, consultora na área da Deficiência; colaboradora do SENAI-SP e do Planeta Educação; Coordenadora Executiva do Amankay Instituto de Estudos e Pesquisas Fellow da Ashoka Empreendedores Sociais.

Convidados:

Lílian Vânia de Abreu Silva Olah e Naiane Coroline Silva Olah (Tradutoras/ intérpretes português para LIBRAS no evento em comemoração aos setenta anos do Coro Lírico municipal de SP e Naiane como convidada para tradução/interpretação português/LIBRAS no evento Canto Livro realizado pelo MAM, entre outros trabalhos realizados nesse segmento.).

Mark Van Loo (Diretor artístico da Bombelêla Dance Company, que atua há mais de 15 anos com dançarinos com e sem deficiência, com prêmios em festivais de dança no Brasil, EUA e Europa)

Dia 28 – Museus e cultura para Pessoas com Deficiência

Os conteúdos teóricos abordam o histórico do desenvolvimento da acessibilidade cultural no Brasil e a comunicação sensorial como estratégia de acessibilidade para públicos diversos. No âmbito prático serão apresentados casos e materiais coletados recentemente na França, Itália, Estados Unidos da América e em diversas regiões do Brasil. Como atividades práticas serão realizadas: vivência da deficiência visual e auditiva, visita técnica em um espaço cultural acessível Com base em instrumento de avaliação de acessibilidade.

Com Viviane Sarraf.

Graduada em Licenciatura em Educação Artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (2001), Especialização em Museologia pelo Curso de Especialização em Museologia do MAE-USP em 2004, mestre no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de São Paulo em 2008 e doutoranda no Programa de Comunicação e Semiótica da PUC-SP. Desde 2008 recebeu prêmios e títulos nacionais e internacionais por sua atuação profissional e acadêmica. Tem publicações na área de acessibilidade cultural e ministra cursos em parceria com diversas organizações brasileiras. Organizou em novembro de 2008 o Encontro Regional de Acessibilidade em Museus em parceria com a Fundação Dorina Nowill para Cegos e com o Museu de Arte Moderna de São Paulo, projeto pioneiro no Brasil. Tem experiência na área de Museologia e Cultura, com ênfase em acessibilidade para pessoas com deficiência e públicos não usuais.

Dia 29 – Audiodescrição e o acesso à programação cultural

A audiodescrição é um recurso de acessibilidade comunicacional que amplia o entendimento das pessoas com deficiência visual em diversos tipos de eventos e produtos audiovisuais por meio de informação sonora. A palestra abordará a utilização do recurso em suas várias possibilidades, como: peças de teatro, óperas, filmes, espetáculos de dança e outros, e demonstra como tem colaborado para a formação de um novo tipo de público e de uma plateia que aprecia os espetáculos pela magia das palavras.

Com Lívia Maria Villela de Mello Motta

Professora e doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC de São Paulo, com parte de seu doutoramento feito na Universidade de Birmingham, Reino Unido. Trabalha como audiodescritora e professora de cursos de audiodescrição desde 2005, implementando o recurso em peças de teatro, filmes, óperas, espetáculos de dança, eventos sociais, religiosos e acadêmicos. Foi consultora do MEC/UNESCO e criadora do site/blog: Ver com palavras. Organizou junto com Paulo Romeu Filho o primeiro livro brasileiro sobre o tema: Audiodescrição: transformando imagens em palavras.)

Dia 30 – O guia digital "Acessibilidade Cultural"

Iniciativa do Instituto Mara Gabrilli, o guia acessibilidadecultural.com.br disponibiliza informações sobre a acessibilidade dos equipamentos culturais para ampliar o acesso e inclusão de pessoas com deficiência aos espaços, linguagens artísticas, conhecimento e práticas culturais. Nessa palestra serão apresentadas as bases e critérios da pesquisa, que avaliou mais de 300 equipamentos culturais da cidade de São Paulo da perspectiva da acessibilidade. Serão apresentados depoimentos de pessoas com deficiência que usam o guia para sua avaliação.

Com Camila Benvenuto

Psicóloga e especialista em gestão de ambientes inclusivos. Experiência internacional como acompanhante terapêutica em residência inclusiva para pessoas com deficiência em Richmond Hill / Canadá. Atuou na coordenadoria de projetos de inclusão na Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida – SMPED. Atualmente coordena o Instituto Mara Gabrilli.

Haverá tradução português-libras-português.

Faixa etária: não recomendado para menores de 16 anos.

Preços:

15,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo, matriculado no Sesc e dependentes)

30,00 (usuário inscrito no Sesc e dependentes)

60,00 (outros)

Inscrições em todas as unidades do Sesc SP e pelo Portal sescsp.org.br/centrodepesquisaeformacao/

Data/horário: De 27 a 30/11, terça a sexta, das 14h às 18h. Dia 1/12, visita a programação da Virada Inclusiva, o horário será definido durante o curso. Dia 4/12, terça, das 14h às 16h

Local: Centro de Pesquisa e Formação – Rua Pelotas, 141, Torre A, 5º andar – Sesc Vila Mariana.

Fonte: RINAM

Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer


Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer