Sem acesso , falta lazer

Se circular pelas ruas da cidade ou pagar uma conta no banco já é uma tarefa difícil para as pessoas com deficiência, imagine ter acesso aos teatros, cinemas, parques e bares. "As pessoas acham que deficiente tem que ficar em casa", afirma Mozana Cavalcanti, de 40 anos, que precisou usar cadeira de rodas depois de ser baleada durante um assalto em Boa Viagem há três anos.

foto de um auditório vazio

Os problemas são os de sempre: escadas e degraus sem rampa de acesso a cadeira de rodas, banheiros não adaptados, ausência de cardápio em Braille, falta de um espaço adequado e funcionários sem capacitação para se comunicar em Libras, entre outros. Nos cinemas e teatros, outras demandas: "Esses espaços poderiam utilizar a audiodescrição (descrição das cenas) para que as pessoas cegas pudessem assistir a um filme ou a uma peça sem problemas", afirma o assessor de profissionalização da Associação Pernambucana de Cegos e também deficiente visual, José Diniz.

Já para o digitador Antônio Carlos Cardozo, surdo, ir ao cinema com os filhos ouvintes é um programa nada agradável quando é uma produção brasileira, já que os filmes nacionais ainda não possuem legenda, embora já exista um movimento nacional em prol da causa.

Entre as poucas opções onde as pessoas portadoras de deficiência se sentem bem acolhidos está o Parque 13 de maio, onde os pisos, calçadas e entradas foram recentemente reformadas, de acordo com as normas de acessibilidade. Em termos de espaço físico, os cinemas dos shoppings e o da Fundação Joaquim Nabuco também são elogiados. Com a reforma realizada no final de 2005, o Cinema da Fundaj ganhou um elevador hidráulico na entrada da sala, dois banheiros projetados de acordo com as normas técnicas de arquitetura e engenharia. Em cada banheiro há uma cabine desenhada exclusivamente para os deficientes físicos, mais larga e com apoio de mão.

Números da população do Recife com deficiência

População total no Recife1.422.905100%
População com deficiência no Recife227.94716,02%
Deficiência auditiva: incapaz, com alguma ou grande dificuldade permanente de ouvir55.8583,93%
Deficiência física: falta de membros ou de parte deles (perna, braço, pé ou dedo polegar)3.3150,23%
Deficiência física: tetraplegia, paraplegia ou hemioplegia permanente8.3290,59%
Deficiência motora: incapaz, com alguma ou grande dificuldade permanente de caminhar ou subir escada84.2855,92%
Deficiencia visual: incapaz, com alguma ou grande dificuldade permanente de enxegar147.00110,33%

Fonte: Pernambuco

Mais sobre audiodescrição
A consulta pública para recolher contribuições referentes à elaboração do Regulamento Geral de Acessibilidade pela
A Anatel colocou à disposição da sociedade, para recebimento de comentários e sugestões, texto para
Neste 27 de março comemora-se o Dia Mundial do Teatro. Para celebrar, o Rio Show


Mais sobre audiodescrição
A consulta pública para recolher contribuições referentes à elaboração do Regulamento Geral de Acessibilidade pela
A Anatel colocou à disposição da sociedade, para recebimento de comentários e sugestões, texto para
Neste 27 de março comemora-se o Dia Mundial do Teatro. Para celebrar, o Rio Show