As canções que você dançou para mim

No último domingo (16/12), o Teatro Carlos Gomes promoveu a última sessão do ano com acessibilidade para pessoas com deficiência visual e auditiva. O espetáculo As canções que você dançou para mim, dirigido e coreografado por Alex Neoral, foi apresentado com recursos de audiodescrição, interpretação em Libras e exibição de legendas. A iniciativa contou com o patrocínio da Petrobras.

As canções que você dançou para mim

Desde março de 2012, todas as peças em cartaz no Teatro Municipal Carlos Gomes têm contado com estas sessões especiais, que são realizadas sempre no primeiro e no terceiro domingos do mês. O público tem acesso ao serviço, sem acréscimo ao valor do ingresso.

Eleito pelo jornal O Globo como um dos dez melhores espetáculos de 2011, As canções que você dançou para mim é voltado para todas as idades, misturando dança e música. No palco, quatro casais são embalados por um potpourri com 72 canções interpretadas por Roberto Carlos. O trabalho revisita grandes sucessos do cantor e compositor, como Detalhes, Outra vez, Desabafo, Cama e mesa, O calhambeque, entre outros clássicos. A trilha passa pelas décadas de 60 a 90, quando Roberto Carlos alcançou gerações diferentes com canções diversas, românticas ou humoradas.

Nas sessões do projeto Acessibilidade no Teatro Carlos Gomes, o preço do ingresso varia de acordo com o espetáculo, e, geralmente, segue a política de preços populares da Prefeitura do Rio.

Como de costume nos espetáculos com acessibilidade do Teatro Carlos Gomes, o público avisa na bilheteria se fará uso de algum dos recursos, para definir sua posição no teatro. Os usuários das legendas sentam-se nas poltronas do balcão do teatro. Os assentos localizados no lado direito da plateia são os mais adequados aos usuários de interpretação em Libras. Para os usuários de audiodescrição não há local definido.

Para as pessoas com deficiência visual, há ainda uma visita guiada ao palco realizada, impreterivelmente, 30 minutos antes do início do espetáculo.

Teatro Municipal Carlos Gomes – um dos mais importantes do Rio de Janeiro, o teatro oferece o serviço de acessibilidade total ao público de suas peças. O objetivo é incluir as pessoas com deficiência visual – cegos e pessoas com baixa visão -, além de pessoas com deficiência intelectual, autistas, disléxicos e com síndrome de Down, por meio da audiodescrição; e pessoas surdas ou com deficiência auditiva, por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e do serviço de legendagem, como o utilizado pelos canais de televisão em Closed Caption.

O projeto de acessibilidade é idealizado pela Lavoro Produções. A iniciativa é patrocinada pela Petrobras e conta com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.

Serviço: As canções que você dançou para mim
Local: Teatro Municipal Carlos Gomes. Praça Tiradentes, 19, Centro
Data: 16 de dezembro, às 20h
Duração: 55 min
Ingresso: R$ 1,00
Classificação Indicativa: Livre
Capacidade: 685 lugares
Bilheteria: aberta a partir das 14h (de quinta a domingo).

Fonte: Petrobras – Fatos e Dados

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma