UNB discute uso da linguagem verbal entre humanos e computadores

As interfaces de relacionamento com computadores mudam mais rápido do que se pode acompanhar. A próxima fronteira é a da comunicação verbal entre humanos e máquinas. São programas que respondem a perguntas, celulares que discam números ditados e até softwares que transcrevem uma gravação de uma língua para outra. "Tudo isso remete a aplicações para a linguística computacional, o campo de estudo entre essa relação entre a linguagem verbal e os computadores", afirma o professor Cláudio Duque, do Instituto de Letras.

"Nós temos uma deficiência muito grande de softwares e estudos voltados para o português. Geralmente são adaptações mal-feitas de programas em outras línguas", diz ele. Professor da Faculdade de Ciência da Informação, Cláudio vai dar uma palestra sobre o tema na I Jornada do Bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas ao Multilinguismo e à Sociedade da Informação (LEA-MIS), curso criado no 1º semestre de 2010 para suprir exatamente esse tipo de deficiência. A Jornada acontece nesta quinta, das 10h às 16h30, no auditório do novo prédio do IPOL/IREL, ao lado do pavilhão Jão Calmon. Além da palestra sobre Linguística Computacional, serão abordados temas como o ensino de línguas no Brasil, acessibilidade da TV Digital e tecnologias de línguas indígenas.

"O curso que abriga essa atividade foi montado para preparar profissionais trilíngues para atuar em um mercado globalizado, onde é preciso interagir com a tecnologia", afirma o professor Virgílio Pereira de Almeida, coordenador do evento. Isso significa trabalhar em atividades tão amplas como acessibilidade para produtos audiovisuais – audiodescrição de filmes, por exemplo – até o uso de novas plataformas para estudo e ensino de línguas indígenas, outro tema que será discutido no encontro.

A I Jornada LEA-MIS foi organizada pelos alunos da disciplina Planejamento e Organização de Eventos Internacionais, lecionada pelo professor Virgílio. Foram oito estudantes responsáveis por montar o evento, presididos por Aline Rocha de Sousa, do 5º semestre. "Nossa proposta era fazer um evento voltado para os alunos que incluísse todos os eixos de estudo do curso", afirma Aline. "É muito interessante estudar a forma como se misturam línguas estrangeiras e tecnologia".

Para se inscrever na I Jornada de Línguas Estrangeiras Aplicadas ao Multilinguismo e à Sociedade da Informação basta ir ao site do evento: www.let.unb.br/jornadalea.

João Paulo Vicente – Da Secretaria de Comunicação da Universidade de Brasília.

Fonte: UNB – Agência

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na