Conheça a Tagarellas Audiodescrição

Aqui na Tagarellas Audiodescrição a gente coordena, com a maior paixão, a produção de recursos de acessibilidade para produtos audiovisuais, editoriais e eventos.

Somos audiodescritores, inclusive consultores com deficiência visual, e levamos a maior fé no trabalho em rede. Por isso, não abrimos mão de cultivar como parceiros audiodescritores dentro e fora do Brasil; estúdios de som; produtoras de áudio, cinema e artes cênicas; locutores; atores; produtores culturais; jornalistas; músicos; fornecedores de equipamento de áudio; guias de mobilidade; tradutores e intérpretes de Libras; especialistas em legendagem e acessibilidade em geral; instituições formais de ensino; entidades de pessoas com deficiência; ativistas da acessibilidade. E todo mundo que, feito a gente, acredita que as ações de produção, defesa e promoção da acessibilidade devem ser construídas coletivamente.

Perseguindo a máxima qualidade a cada novo projeto, reforçamos nosso compromisso com os usuários – um público crescente e bastante exigente. Assim, conseguimos entregar produtos acessíveis superadequados às expectativas de nosso público-alvo e às versões originais.

Noutras palavras, a gente ama o que faz. E faz questão de trabalhar em rede, ao lado de parceiros afinados com as nossas convicções, para chegar ao melhor resultado possível. Porque, no fim das contas, cultura acessível faz bem para todo mundo.

Somos Tagarellas

Felipe Mianes

Felipe Mianes é historiador, mestre e doutorando em Educação pela UFRGS. Foi capacitado a atuar em projetos de audiodescrição em curso de extensão promovido pela mesma Universidade. Desenvolve suas pesquisas na linha dos Estudos Culturais em Educação, investigando os processos de representação e identidade das pessoas com deficiência visual, analisando produções artístico-culturais de sujeitos cegos e com baixa visão, pesquisando recursos de acessibilidade e suas intersecções com a educação inclusiva.. Desde 2011, é audiodescritor consultor em projetos de publicações didáticas, espetáculos de dança, filmes e revistas acadêmicas, entre outros.

Kemi Oshiro

Kemi Oshiro é jornalista pela PUCRS e mestranda em Estudos em Cinema e Audiovisual Contemporâneo, na Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona – Espanha. Foi capacitada a atuar em projetos de audiodescrição por Viviane Sarraf, de São Paulo/SP, na Fundação Dorina Nowill para Cegos, em 2012. Tem experiência em narração e roteiro de audiodescrição para eventos ao vivo (teatro, exposições, espaços expositivos, fóruns e seminários, entre outros) e produtos audiovisuais gravados (animações, filmes publicitários, ficções e documentários em curta-metragem). Também atua como produtora, apresentadora de TV, locutora de rádio e ledora.

Marcia Cáspary

Marcia Caspary é atriz, locutora, dubladora e audiodescritora narradora e roteirista. Desde 2000, narra o conto musical Pedro e o Lobo, de Sergey Prokofiev, com o Quinteto de Sopros de Porto Alegre. Fundadora da Tagarellas Produções, associou-se a colegas audiodescritores para criar a Tagarellas Audiodescrição. Atua no desenvolvimento de produtos culturais acessíveis para pessoas com deficiência visual, produzindo audiodescrição ao vivo e gravada para cinema, teatro, eventos, exposições e produtos editoriais, entre outros.

Mariana Baierle

Mariana Baierle é jornalista pela PUCRS e mestre em Letras pela UFRGS. Professora e palestrante em cursos sobre acessibilidade cultural e formação de profissionais para atendimento de pessoas com deficiência. Consultora em Acessibilidade, tem experiência como audiodescritora consultora de filmes, peças de teatro, exposições de arte, espetáculos de dança e imagens estáticas. Repórter e apresentadora do quadro Acessibilidade, do programa Cidadania, da TVE-RS. Dirigiu o documentário Olhares, em parceria com Felipe Mianes.

Mimi Aragón

Mimi Aragón é redatora publicitária, audiodescritora-roteirista e produtora. Foi capacitada a atuar em projetos de audiodescrição por Lívia Motta, de São Paulo/SP, no Instituto Vivo de Porto Alegre/RS, em 2010. Escreve roteiros de audiodescrição para eventos ao vivo (cinema, teatro, dança, exposições de arte, fóruns e seminários, entre outros) e produtos audiovisuais gravados (animações, documentários e obras de ficção em curta e longa metragens, videoaulas, videoclipes e publicações impressas, entre outros). Idealiza e coordena a produção de projetos e eventos de audiodescrição voltados à promoção e popularização desse recurso de acessibilidade.

Agora que você já foi apresentado a essa equipe de feras da audiodescrição, então visite e acompanhe o site da Tagarellas Audiodescrição!

Mais sobre audiodescrição
A audiodescrição é um recurso de acessibilidade, um instrumento poderoso de inclusão social, cultural e
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se


Mais sobre audiodescrição
A audiodescrição é um recurso de acessibilidade, um instrumento poderoso de inclusão social, cultural e
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se