Aquecendo as bengalas para a edição 2013 do Festival Melhores Filmes – CineSesc

39º Festival SESC Melhores Filmes acontece de 3 a 25 de abril em São Paulo e em mais 18 cidades do interior. Edição 2013 do festival ocorre no CineSesc e se estende a 18 cidades do Estado simultaneamente.

Painél luminoso onde se lê: CineSesc

O SESC dá início no dia 3 de abril ao tradicional Festival SESC Melhores Filmes, no CineSESC, com a cerimônia de abertura da 39ª edição do evento. Nessa noite, serão entregues os prêmios aos vencedores nas categorias de melhor filme, documentário, ator, atriz, direção, roteiro e fotografia para os filmes brasileiros e melhor filme, direção, ator e atriz para os filmes estrangeiros, eleitos por público e crítica entre os filmes que chegaram aos cinemas paulistanos ao longo do ano de 2012.

Além da premiação, a abertura do festival terá a exibição de "O Que Se Move", primeiro longa do cineasta Caetano Gotardo e vencedor de diversos prêmios em festivais e mostras. O filme tem estreia prevista para dia 10 de maio.

Ao longo do 39º Festival SESC Melhores filmes serão exibidos 40 filmes, 23 estrangeiros e 17 brasileiros. Na cerimônia de entrega dos prêmios estarão presentes ao evento atores, atrizes, diretores, fotógrafos e produtores concorrentes aos prêmios desse ano, além de convidados especiais e homenageados.

A votação para se apurar os vencedores do Festival SESC Melhores Filmes foi feita via Internet. No CineSESC, os frequentadores votaram também por cédula. Uma consulta direta foi realizada à crítica especializada de todo o país. Os mais votados por crítica e público serão exibidos no CineSESC até dia 25 de abril e até dia 05 de maio nas unidades do interior. No interior e litoral, 18 cidades recebem, simultaneamente a programação.

Audiodescrição e Legendagem Open Caption

Todas as sessões do Festival no CineSESC terão audiodescrição e legendas open caption. Ambos os recursos incluem deficientes visuais e auditivos na fascinante experiência do cinema. A audiodescrição consiste na descrição de todas as informações que compreendemos visualmente e que não estão contidas nos diálogos, como as expressões faciais e corporais, informações sobre o ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela. Ela é feita ao vivo por atores e acontece nos espaços entre os diálogos e nas pausas sonoras do filme. Somente os espectadores que recebem fones especiais escutam a audiodescrição, geralmente deficientes visuais ou com visão diminuída. Já a legenda open caption é vista por todos os espectadores, consiste numa legenda a mais no filme, descrevendo os sons além dos diálogos. Os deficientes auditivos se utilizam deste recurso.

O Circuito

A circulação do Festival SESC Melhores Filmes teve início em 2009, quando parte de sua programação foi estendida para cinco cidades do Estado de São Paulo, após o encerramento na capital. Em 2013, a itinerância se amplia para 18 cidades, além de São Paulo, que são: Araraquara, Bauru, Campinas, Catanduva, Diadema, Ilha Solteira, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Preto, Santo André, Santos, São Caetano, São Carlos, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté. Nestas cidades as exibições ocorrem simultaneamente com as da capital.

Filmes do Festival

Entre os principais filmes exibidos durante o Festival estão: Cosmópolis, Holy Motors, A Febre do Rato, A Música Segundo Tom Jobim, Mistérios de Lisboa, O Homem Que Não Dormia, A Separação, Eu Receberia as Piores Notícias de seus Lindos Lábios, Xingu, Intocáveis, entre outros.

Sessão Cineclubinho

Ao longo Festival SESC Melhores Filmes, a Sessão Cineclubinho acontecerá todos os domingos do evento, em dois horários (11h e 14h30) com a exibição de filmes para o público infantil que também foram escolhidos por público e crítica como os melhores de 2012. Todas as sessões do CineClubinho contarão com audiodescrição e legendagem open caption.

Homenagem a Carlos Reichenbach

Na noite de abertura do 39º Festival SESC Melhores Filmes haverá uma grande homenagem ao cineasta Carlos Reichenbach (morto em junho no ano passado), que além da cultuada e premiada obra cinematográfica, era colaborador e amigo do CineSesc, onde realizou (de 2004 a 2012) mensalmente a Sessão do Comodoro, evento que se tornou ponto obrigatório para todos os que queriam assistir a filmes raros e originais, que eram escolhidos, apresentados e exibidos por Carlão. Durante a cerimônia de abertura do dia 3 de abril, serão exibidos trechos de filmes e depoimentos de e sobre Carlos Reichenbach. Um troféu será entregue em sua homenagem para Lygia Reichenbach, viúva de Carlão

Exposição – Uma homenagem a Carlos Reichenbach

O hall do CineSesc recebe uma exposição em homenagem ao cineasta Carlos Reichenbach. Ícone do cinema nacional e das míticas Sessões do Comodoro, a obra de Carlão é de fundamental importância para filmografia brasileira. Livre. Grátis. A partir de 4/4. Todos os dias, 13h40 às 21h30.

Debates

Outro destaque da edição do festival desse ano será a realização de debates entre convidados especiais que abordarão diferentes temas ligados ao cinema. Serão dois seminários da crítica, além de três edições especiais do Cinema da Vela.

Edições especiais do Cinema da Vela durante o festival:

Cinema da Vela são conversas sobre os rumos do cinema nacional. Com livre inspiração nas noites do samba paulista, o bate-papo tem a duração do tempo de queima de uma vela. A mediação é do jornalista Cunha Jr. Livre. A entrada é grátis.

  • Direções. Os caminhos do cinema nacional Com Edgard Navarro e Cláudio Assis. 8/4. Segunda, 19h30.
  • Acessibilidade. Audiodescrição e legendas open caption: o que são esses recursos? Para que servem? Com Maurício Santana (www.iguale.com.br) e Paulo Romeu (www.blogdaaudiodescricao.com.br). 16/4, Terça, 19h30.
  • Festivais. Panoramas, novos rumos e ineditismo. Com Francisco Cesar Filho e Antônio Leal. 23/4. Terça, 19h30.

Seminários da crítica Livre. Grátis. Ingressos 1h antes. Mediação Maria do Rosário Caetano. 4 e 5/4. Quinta e sexta, às 19h30.

  • 4/4. Cinemas de rua x grandes complexos. Novas tecnologias. Produção nacional e o cinema autoral. Com Ignácio Araújo, Zuenir Ventura, Rubens Ewald Filho, Ubiratan Brasil e José Geraldo Couto.
  • 5/4. Blockbusters brasileiros x cinema independente. Modelos de financiamento. Cota de tela. Novos pólos de produção fora do eixo Rio- SP. A chegada do DCP e o pagamento do VPF. Com suyene Correia, Marcelo Miranda, Sergio Mota e Luiz Zanin.

Aula Magna – Novas tecnologias digitais na Faculdade de Cinema e Televisão de Munique

Com Prof. Dr. Peter C. Slansky. Professor no departamento tecnológico na Faculdade de Cinema e Televisão de Munique, onde dirige o Centro de Estudos para Tecnologia de Filme desde 2008. Em paralelo leciona também na Medienhaus Essen, no Zentrum für Neue Medien Zürich, no Prosieben AG e no Bayrischer Rundfunk. Formado engenharia fotográfica com foco em produção de televisão e filme, desde 1988 atua como câmera, diretor, roteirista e produtor e é assistente de direção da FFFBayern. Introdução à Palestra: Introdução ao Sistema de Financiamento para Cinema e Televisão da Bavária. Com Gabriele Pfennigsdorf. Gabrielle Pfennigsdorf é assistente da direção executiva, consultora da área de televisão e porta-voz da FFFBayern – Fundo de Financiamento para Cinema e Televisão da Bavária. Anteriormente dirigiu o Bayerischen Filmzentrums Geiselgasteig, importante iniciativa para a promoção de jovens produtoras audiovisuais. Livre. Grátis. Ingressos limitados 1h antes. Parceria Instituto Goethe. 6/4. Sábado, 11h.

Cursos

Inscrições somente no CineSesc a partir de 25/3.

  • A Imagem no Cinema Contemporâneo. O curso propõe uma discussão sobre o uso da imagem digital no cinema contemporâneo e em outros campos de atuação. Serão tratados temas como o desenvolvimento do audiovisual, novas linguagens e tecnologias (filmagem full HD com as câmeras DSLR, filmagens multicâmera, computadores especializados), assim como maior acesso aos equipamentos e recursos. Com Jorge Bodanzky e David Pennington (Prof. Da UnB, convidado). Acima de 16 anos. R$30,00 a R$7,50. 20 e 21/4. Sábado e domingo, 14h às 18h.
  • A Boca do Lixo e o Cinema de Carlos Reichenbach. O curso vai traçar um panorama da extensa produção cinematográfica do diretor Carlos Reichenbach (o "Carlão"), falecido em maio de 2012. Diretor dos filmes "Alma Corsária", "Garotas do ABC" e "Dois Córregos", é considerado um dos grandes nomes do cinema brasileiro. Com Marcelo Lyra. Acima de 16 anos. R$30,00 a R$7,50. 15 a 18/4. Segunda a quinta, 19h30 às 21h30.

Troféu

A 39ª edição do Festival Sesc Melhores Filmes tem como um de seus destaques, o troféu. Assinado pelo artista plástico Emanoel Araújo. O prêmio é confeccionado em aço inox polido e contará com uma pedra semipreciosa. A obra de Emanoel Araújo será entregue no próximo dia 3 de abril, na cerimônia de abertura do 39º Festival Sesc dos Melhores Filmes, no CineSesc.

O Festival SESC Melhores Filmes

Criado em 1974, é o primeiro festival de cinema da cidade de São Paulo e oferece ao público a oportunidade de ver ou rever o que passou de mais significativo pelas telas da cidade no ano anterior, que são escolhidos democraticamente por meio de votação de público e crítica.

Os filmes que participam da votação em 2013 são aqueles lançados nas salas de cinema de São Paulo durante o ano de 2012.

Em 38 anos de realização, o Festival SESC Melhores Filmes já exibiu centenas de longas-metragens brasileiros e estrangeiros. Na edição 2010, o festival inovou ao ser o primeiro evento do gênero a disponibilizar sua programação com serviços de audiodescrição, que possibilitam o acesso aos deficientes visuais, e auditivos com legendagem open caption, recursos que serão oferecidos em todos os filmes da grade deste ano no CineSESC.

Sobre o filme de abertura – "O Que Se Move"

SINOPSE: Três núcleos familiares precisam lidar com uma mudança brusca em suas vidas. Um olhar sobre os afetos que movem essas famílias e as três mães que cantam o amor por seus filhos em momentos difíceis.

O QUE SE MOVE

Brasil | 2012

ficção | 97 min | 35mm | cor

FICHA TÉCNICA

Direção: Caetano Gotardo

Produção: Sara Silveira, Maria Ionescu

Roteiro: Caetano Gotardo

Fotografia: Heloísa Passos

Montagem: Juliana Rojas

Canções: Caetano Gotardo e Maro Dutra

Elenco: Cida Moreira (Maria Júlia), Dagoberto Feliz (Afonso), Wandré Gouveia (Pedro), Ane Rodrigues (Tereza), Marina Corazza (Marina), Andrea Marquee (Silvia), Rômulo Braga (Eduardo), Larissa Siqueira (Larissa), Fernanda Vianna (Ana), Henrique Schafer (João), Adriana Mendonça (Cecília), Gabriel do Reis (Antônio), Beto Matos (Ricardo).

Serviço:

Festival SESC Melhores Filmes 2012

Exibição dos filmes vencedores pela votação de crítica e público;

De 3 a 25 de abril de 2013;

CineSesc

Rua Augusta, 2075;

Tel: 11 3087-0500

Ingressos: R$ 4,00 (público em geral); R$ 2,00 (usuários com cartão de matrícula Sesc, estudantes, terceira idade, professores da rede pública) e grátis (comerciários e dependentes). Passaporte para 15 filmes: R$ 40,00 (público em geral) e R$ 20,00 (usuários com cartão de matrícula SESC, estudantes, terceira idade, professores da rede pública).

Informações para a imprensa:

F&M ProCultura – Assessoria de Imprensa

Tel.: 11 3263-0197

Fernando Oriente – Fernando@procultura.com.br

Flavia Arruda Miranda – flavia@procultura.com.br

Festival SESC Melhores Filmes 2012 – Circuito

Saiba mais:

Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo


Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo