Visite a exposição acessível do projeto O Parlamento e Sua História

Conhecer o real papel do Poder Legislativo é um dos objetivos do projeto "O Parlamento e sua História", coordenado pelo Memorial da Assembleia Legislativa do Ceará. O projeto apresenta aos estudantes toda a estrutura da Assembleia Legislativa, prevê a possibilidade de os visitantes conversarem diretamente com representantes do Parlamento, além de conhecer o Malce. É lá que os grupos passeiam por uma exposição, conferindo as mudanças ocorridas no Brasil e seus desdobramentos, a partir da chegada da corte portuguesa ao País, em 1808.

De acordo com Ivana Costa, que divide a coordenação do Setor Educativo do Malce com Socorro Medeiros, o projeto tem foco em estudantes do ensino médio de escolas públicas, mas recebe alunos de idades variadas. Este ano também serão incluídos grupos de pessoas da terceira idade, associações de bairros, culturais, sindicatos e outros interessados. "O resultado desse contato é sempre muito positivo", ressalta Ivana.

Em 2011, primeiro ano do projeto, o Malce recebeu 3.021 alunos de 74 instituições de ensino. Em 2012, foram 3.397 alunos de 97 instituições. Para este ano, a expectativa é que os números sejam superados, especialmente por conta dos novos grupos de visitantes que serão agregados ao projeto.

O Memorial está instalado em área de 360 m2, nas dependências da Casa Legislativa, e conta também com um acervo de aproximadamente duas mil peças, entre objetos, documentos e fotografias, além de duas salas de apoio para a equipe técnica.

SERVIÇO:

Para visitas de grupos, é necessário fazer agendamento pelos telefones (085) 3277-3700 e (085) 3277-3707.

Nas segundas e sextas-feiras, os dois expedientes são dedicados à visitação de pessoas com necessidades especiais. O Malce dispõe de parte da exposição de longa duração em Braille e em Libras, além de maquetes táteis para os deficientes visuais, que, em breve, contarão também com audiodescrição.

O Memorial está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h30 e das 14h às 17h. O acesso pode ser feito pela entrada da rua Barbosa de Freitas, que fica na esquina com a avenida Pontes Vieira.

Fonte: AL Ceará

Mais sobre audiodescrição
Quem disse que arte e tecnologia não podem andar de mãos dadas? Para provar que
Os visitantes com deficiência visual que comparecerem ao Museu Pelé, em Santos (SP), contam agora
Os programas de acesso de um dos maiores e mais importantes museus do mundo –


Mais sobre audiodescrição
Quem disse que arte e tecnologia não podem andar de mãos dadas? Para provar que
Os visitantes com deficiência visual que comparecerem ao Museu Pelé, em Santos (SP), contam agora
Os programas de acesso de um dos maiores e mais importantes museus do mundo –