Recursos inclusivos atraem pessoas com deficiência visual e auditiva ao cinema

Durante todo o mês de abril, pessoas com deficiência visual e auditiva terão a chance de assistir, graças aos recursos inclusivos como a audiodescrição e o open caption, filmes que chegaram aos cinemas paulistanos ao longo de 2012, eleitos vencedores, pelo público e crítica, no 39º Festival Sesc Melhores Filmes.

Iguale Comunicação de Acessibilidade

Diferentemente das pessoas que não possuem algum tipo de deficiência visual ou auditiva, e que por isso conseguem compreender através da visão e da audição as imagens e sons das obras cinematográficas, as pessoas que possuem tais deficiências têm o entendimento reduzido. Para permitir que estas pessoas tenham pleno acesso, de forma inclusiva e autônoma, e realmente mergulhem no mundo da sétima arte é que o Festival Sesc Melhores Filmes oferece recursos tecnológicos inclusivos como a audiodescrição e o open caption.

Na 39ª edição do festival, que será aberto ao público a partir do dia 4 de abril, no CineSesc da Rua Augusta, em São Paulo, a audiodescrição dará à pessoa com deficiência visual a descrição falada de todos os detalhes da cena, intercalados cuidadosamente com os diálogos dos personagens. Tudo para que seja possível compreender cenário, figurino, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela e, principalmente, as expressões faciais e corporais dos atores.

"A audiodescrição é o modo de tradução audiovisual intersemiótica, ou seja, do visual para o verbal, que consiste na técnica de narração realizada por um audiodescritor. Este profissional descreve com o máximo de detalhes, tudo o que acontece nas cenas, sem os quais uma pessoa com deficiência visual não compreenderia. A audiodescrição interage de acordo com os espaços oferecidos entre os diálogos dos personagens, respeita o roteiro original, as intenções de pausas, ruídos sonoros e trilhas. Um recurso de acesso e autonomia às pessoas com deficiência visual", explica Mauricio Santana, diretor da Iguale Comunicação de Acessibilidade.

Todas as sessões do festival terão audiodescrição feitas ao vivo por audiodescritores, profissionais da Iguale, com ampla experiência na função. Segundo Santana, somente os espectadores que optam por usar os receptores com fones de ouvido escutam a audiodescrição, e, portanto, este recurso inclusivo não interfere, de forma alguma, no acompanhamento do filme por parte dos demais espectadores.

Já a legenda open caption é vista por todos os espectadores na plateia. Trata-se de uma legenda a mais no filme, projetada numa pequena tela localizada abaixo da tela principal, que descreve os sons além dos diálogos. As pessoas com deficiência auditiva são os mais beneficiados por este recurso. "As legendas open caption são produzidas dentro dos conceitos e padrões do closed caption, no entanto, são exibidas de forma aberta para o público", completa o diretor da Iguale.

Para Santana, o Festival Sesc Melhores Filmes é o projeto brasileiro mais ousado em termos de acessibilidade no cinema, pois oferece recursos de audiodescrição e legendas open caption em todos os filmes e reapresentações, um número em torno de 100 sessões inclusivas por edição. Este festival, como detalha, é um exemplo real de que a comunicação de acessibilidade é extremamente viável e possível, basta os diferentes segmentos da sociedade se conscientizarem de que todos os públicos têm de ter respeitado o direito ao acesso à informação, à cultura e ao lazer. "Comunicação de acessibilidade consiste em criar, utilizar ou adaptar os meios tecnológicos e assistivos disponíveis para garantir o acesso ao conteúdo exibido pelos meios de comunicação e de cultura, nas suas mais diferentes manifestações, às pessoas com algum tipo de deficiência", informa Santana.

Sobre o Festival Sesc Melhores Filmes

Criado em 1974, é o primeiro festival de cinema da cidade de São Paulo e oferece ao público a oportunidade de ver ou rever o que passou de mais significativo pelas telas da cidade no ano anterior, que são escolhidos democraticamente por meio de votação de público e crítica.

Em 38 anos de realização, o Festival Sesc Melhores Filmes já exibiu centenas de longas-metragens brasileiros e estrangeiros. Na edição 2010, o festival inovou ao ser o primeiro evento do gênero a disponibilizar sua programação com serviços de audiodescrição, que possibilitam o acesso aos deficientes visuais, e auditivos, com legendagem Open Caption, recursos que serão oferecidos em todos os filmes da grade deste ano no CineSesc.

Ao longo do 39º Festival SESC Melhores filmes serão exibidos 40 filmes, 23 estrangeiros e 17 brasileiros. Os mais votados por crítica e público serão exibidos no CineSesc até dia 25 de abril e até dia 5 de maio em mais 18 unidades do interior e litoral do estado de São Paulo. Os preços dos ingressos são populares.

Sobre a Iguale

A Iguale Comunicação de Acessibilidade foi a primeira empresa brasileira criada exclusivamente para pensar e desenvolver soluções assistivas completas em comunicação para pessoas com algum tipo de deficiência. É a empresa precursora do conceito comunicação de acessibilidade no país. A empresa oferece serviços e soluções que vão além dos disponíveis nos estúdios e produtoras tradicionais de áudio e vídeo ou agências de comunicação e internet. A sua missão é especializar-se de forma contínua nas técnicas que permitam a promoção da acessibilidade, para que as pessoas tenham garantido, com autonomia, o direito de acesso à informação, à cultura e ao lazer.

Serviço – Festival Sesc Melhores Filmes 2012

Exibição dos filmes vencedores pela votação de crítica e público

De 3 a 25 de abril de 2013

CineSesc – Rua Augusta, 2075 – Tel: 11 3087-0500

Ingressos: R$ 4,00 (público em geral); R$ 2,00 (usuários com cartão de matrícula Sesc, estudantes, terceira idade, professores da rede pública) e grátis (comerciários e dependentes). Passaporte para 15 filmes: R$ 40,00 (público em geral) e R$ 20,00 (usuários com cartão de matrícula Sesc, estudantes, terceira idade, professores da rede pública).

Mais informações

Liliana Liberato – Assessora de Imprensa

Iguale Comunicação de acessibilidade

(11) 9 7999-2802

Saiba mais:

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
A audiodescrição é um recurso de acessibilidade, um instrumento poderoso de inclusão social, cultural e
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou


Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
A audiodescrição é um recurso de acessibilidade, um instrumento poderoso de inclusão social, cultural e
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou