Minicontos produzidos pela Mil Palavras são apresentados na FM Cultura

Facilitando o acesso às obras literárias para quem tem dificuldades de leitura ou até mesmo está impossibilitado de ler, a Mil Palavras Acessibilidade Cultural – vinculada à Incubadora Raiar – e a FM Cultura oferecem aos ouvintes e apresentação inédita de minicontos.

Os textos adultos e infantis são produzidos por autores como Sidnei Schneider, Viviane Juguero, Ana Mello, Jorge Rein, Laís Chaffe, Leonardo Brasiliense e Marcelo Spalding, e foram especialmente adaptados para o formato radiofônico. A programação é veiculada desde o dia 20 de março e segue até o final desta semana. Os minicontos tem duração de dezesseis segundos a um minuto e trinta segundos.

O audiolivro é um suporte para aumentar a divulgação e a difusão das obras entre quem precisa ler sem conseguir ver. Um público que inclui pessoas cegas e com baixa visão, crianças e adultos não alfabetizados ou em processo de alfabetização, imigrantes e estudantes estrangeiros. O recurso também pode ser utilizado por quem quer ouvir as histórias enquanto pratica algum esporte, dirige ou utiliza o transporte coletivo. É desenvolvido pela Mil Palavras, que trabalha para promover a inclusão de pessoas com deficiência sensorial em atividades culturais por meio da audiodescrição.

Fonte: PUC-RS

Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que


Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que