SESC torna mostra de cinema acessível para deficientes auditivos e visuais

O 39º Festival Sesc Melhores Filmes, que acontece durante o mês de abril, fornecerá recursos inclusivos para que pessoas com deficiência visual e auditiva possam assistir aos filmes que se destacaram em 2012.

Todas as sessões terão audiodescrição feita ao vivo, transmitida por fone de ouvido, com detalhes das cenas, intercalados com os diálogos dos personagens, para que pessoas com deficiência visual possam compreender as informações transmitidas de forma visual.

"Os audiodescritores são treinados para repassar cenários, figurinos, efeitos especiais, udanças de tempo e espaço, leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela e, principalmente, as expressões faciais e corporais dos atores", explica Mauricio Santana, diretor da Iguale Comunicação de Acessibilidade, empresa responsável pelo serviço.

Outro recurso utilizado é a legenda open caption, que é projetada numa pequena tela localizada abaixo da tela principal e que descreve os sons do filme para pessoas com deficiência auditiva.

Ao todo, serão cerca de cem sessões inclusivas. "No Brasil, é o festival com maior abrangência a utilizar esses recursos", afirma Santana.

Entre os filmes de destaque do festival, há "A Febre do Rato", "A Música Segundo Tom Jobim", "Mistérios de Lisboa", "O Homem que Não Dormia", "Eu Recebia as Piores Notícias de seus Lindos Lábios" e "Xingu", entre outros.

Fonte: FOLHA.COM

Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo


Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo