Entrevista com o criador do Projeto de Acessibilidade Cultural da UFRGS

Nas últimas edições do Extensão Online, nosso boletim extensionista (acessível em www.ufrgs.br/prorext/extensao-online), começamos uma campanha de divulgação do Programa de Extensão Universitária – PROEXT – do MEC/SESu, para dar destaque ao Programa que simboliza o avanço da Extensão Universitária em nosso país. O primeiro entrevistado foi Eduardo Cardoso (foto), professor do Depto. de Design e Expressão Gráfica da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, contemplado com nota máxima no Edital ProExt 2013 com seu Projeto de Acessibilidade em Ambientes Culturais II.

Projeto de acessibilidade: professor Eduardo Cardoso

Prof. Eduardo Cardoso, do Depto. de Design e Expressão Gráfica da UFRGS
Fique com a entrevista.

PROREXT: Você teve um programa de Extensão aprovado no ProExt 2013. Como ele foi desenvolvido e como vai ser aplicado?

Eduardo: Bom, o programa contemplado é o Projeto de Acessibilidade em Ambientes Culturais II. Como um todo, o programa é um curso de capacitação à distância para todo o Brasil, sendo que o conteúdo desse curso foi construído ao longo dos diferentes projetos de Extensão que tivemos nos últimos três anos dentro dessa área temática de Acessibilidade em Ambientes Culturais.

Desde o começo dos projetos, já passamos por duas edições do Seminário de Acessibilidade em Ambientes Culturais, e em 2013 ocorreu a terceira, no Rio de Janeiro. Além dos seminários, também desenvolvemos Ações de Extensão junto a diversos ambientes universitários. Um exemplo é o cinema [Sala Redenção, cinema universitário da UFRGS], onde tivemos sessões com audiodescrição para pessoas com deficiência visual. Também já tivemos sessões com audiodescrição e descrição tátil em diversas exposições, entre elas o UniFoto do Departamento de Difusão Cultural (DDC). Seguimos, desse modo, em contato com vários setores da Extensão.

Ano passado conseguimos formalizar, então, o Núcleo Interdisciplinar Pró-Cultura Acessível. A partir dessa organização de um grupo Interdisciplinar de professores em um núcleo centralizado, conseguimos fortalecer esses trabalhos e organizar melhor nossas atividades. Ao longo desse tempo também a gente tinha no grupo de pesquisa, atualmente coordenado por mim e pela professora Jennifer Cuty, uma produção muito forte de conteúdo instrucional sobre essas questões de acessibilidade em ambientes culturais.

Uma das coisas que inspiraram a criação do Projeto de Acessibilidade em Ambientes Culturais em si foi perceber que a legislação de acessibilidade estava lá, bonitinha, mas que ela não era aplicada, muito menos difundida. Concentramo-nos em aplicá-la, trouxemos toda uma política de informação sobre a legislação e sobre formas de pô-la em prática.

Tudo isso foi construído ao longo desses anos, culminando nesse curso, e com o fomento do ProExt vamos agora difundir esse conteúdo que desenvolvemos, levar a todo o Brasil, ou pelo menos a todas as pessoas interessadas, de instituições públicas, culturais e/ou de ensino.

Hoje, o curso se estrutura em nove módulos, em que vamos tratando de diversos assuntos dentro dessa grande área de acessibilidade em ambientes culturais, desde conceitos mais básicos até como fazer uma avaliação de acessibilidade física dos ambientes, avaliando os seus espaços, os seus conteúdos, para que a partir dessa avaliação se possa fazer uma análise e então uma proposição de ações para tornar esses espaços inclusivos.

Mais sobre audiodescrição
Carla Diacov nasceu em São Bernardo do Campo, SP, Brasil, 1975. Formada em Teatro. Estreia
A audiodescrição está entre as melhores formas de inclusão da pessoa com deficiência visual. Além
Quando receberam o convite do festival Palco Giratório, do Sesc, e da audiodescritora Andreza Nóbrega


Mais sobre audiodescrição
Carla Diacov nasceu em São Bernardo do Campo, SP, Brasil, 1975. Formada em Teatro. Estreia
A audiodescrição está entre as melhores formas de inclusão da pessoa com deficiência visual. Além
Quando receberam o convite do festival Palco Giratório, do Sesc, e da audiodescritora Andreza Nóbrega