imaginaSOM A Arte da Virada: III Mostra de Inclusão Visual

Tema da III Mostra de Inclusão Visual – imaginaSOM, "a A arte da virada" é título da bem-sucedida exposição de fotografia inclusiva realizada pelo Fotoclube do Alto Tietê que estará em cartaz de 18 de junho a 2 de julho no MOGI Shopping com ENTRADA FRANCA.

ImaginaSom: A Arte da Virada

Foto – Jonny-Ueda

A mostra é formada por 12 painéis giratórios que trazem imagens estilizadas para favorecer a recepção por pessoas com baixa visão. Imagens estas, de pessoas com deficiência produzindo arte (pintura, música, dança, literatura e fotografia, entre outras). Cada obra traz no verso uma tradução pelo braile e/ou outras representações das imagens visuais próprias para pessoas não visuais.

Sempre que possível é instalado um piso tátil a fim de que a pessoa cega tenha total autonomia para visitar a exposição – o que a ajuda a não sofrer a influência de terceiros.

A área de circulação é livre de obstáculos para cadeirantes e mesmo macas.

Muito além de uma exposição fotográfica, as mostras de inclusão visual realizadas pelo Fotoclube do Alto Tietê apresentam à sociedade os mais diferentes usos para as tecnologias informação na vida diária de pessoas com deficiência visual – um conhecimento que também favorece idosos e crianças com dificuldades de aprendizagem causados por problemas fisiológicos do olho.

"A ARTE DA VIRADA" é uma expressão de duplo sentido: primeiro, porque faz referência à conquista de espaço na Virada Cultural Paulista, da qual fez parte e, segundo, porque propõe uma "virada" no ponto-de-vista, sugerindo uma nova percepção de valor: um convite para que se possa ver a pessoa com deficiência pelo seu conhecimento, habilidades e atitudes, ou seja: por suas competências e não priorizando a sua patologia.

– Sempre reforço a máxima que diz que "a deficiência está no meio". Assim, se adaptamos o meio, colocamos as pessoas em igualdade de condições – o que torna imperceptíveis as diferenças e realça a dignidade, diz Tina Andrade, presidente do fotoclube e autora das obras em conjunto com o marido e repórter fotográfico Jonny Ueda e o também fotógrafo e cadeirante, Nivaldo Alves, que fizeram questão de mostrar que não existe um cenário construído para os cliques, e sim, pessoas reais com dons artísticos reais atuando.

Serviço

18 de junho a 2 de julho

MOGI Shopping

ENTRADA FRANCA

Texto – Tina Andrade

Fonte: Rede de Produtores Culturais de Fotografia

Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por


Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por