Peregrinos com deficiência terão apoio para participar da JMJ Rio 2013

Os peregrinos com deficiência física, auditiva, visual ou intelectual terão todo o apoio e assistência para participarem das catequeses e dos Atos Centrais, tanto os de Copacabana, quanto os do Campus Fidei, sem perder nenhuma emoção da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013.

Por enquanto, há 100 peregrinos brasileiros surdos, 90 cegos, 80 com deficiência intelectual e 123 cadeirantes inscritos. Serão treinados 120 voluntários nacionais e internacionais que lidarão especificamente com essas pessoas.

De acordo com o voluntário César Bacchin, responsável pelas pessoas com deficiência, os cadeirantes que optaram por hospedagem especial no momento da inscrição ficarão em um local reservado em Andaraí, na Zona Norte do Rio. "Além disso, haverá um transporte específico que os levará aos Atos Centrais de Copacabana e Guaratiba. Eles poderão escolher por ficar na Vigília e voltar para a hospedagem, ir só para a Missa de Envio ou ainda permanecer no local", informou Bacchin.

Os peregrinos cadeirantes, devidamente inscritos como tal, também terão espaços reservados em todos os Atos Centrais, com banheiros adaptados e voluntários treinados para assisti-los. No Campus Fidei, haverá equipes de mecânicos que ficarão de prontidão caso haja problemas com alguma cadeira de rodas.

Já os peregrinos surdos, cegos ou com deficiência intelectual serão alocados de acordo com seu país de origem. "Vale ressaltar que os cadeirantes que não solicitaram hospedagem especial, mas a comum, também serão distribuídos pelo mesmo critério que os outros", disse. Segundo a Irmã Graça, do Setor de Hospedagem, há a possibilidade de os cadeirantes que não pediram para ficar no local reservado serem alocados em casas de família.

Bacchin afirmou ainda que, nos locais de catequese, haverá intérpretes para auxiliar na comunicação entre os surdos e os demais, traduzindo tudo o que for informado e ensinado aos ouvintes, considerando que a linguagem de sinais também varia conforme o idioma do país.

Quanto aos cegos, serão disponibilizados cerca de 100 aparelhos de áudio-descrição, em português, com uma locução indicando o que está acontecendo em todos os Atos Centrais. Haverá ainda uma apresentação geral de cada ato, explicado do que se trata, em braile, também em língua portuguesa. "Além disso, procuramos disponibilizar cardápios em braile nas lanchonetes dos Atos Centrais", afirmou o voluntário.

"Os que tiverem deficiência intelectual, por exemplo, deverão estar sempre acompanhados, e os voluntários necessitam ter formação para exercerem uma função assim, por isso, daremos orientações gerais de como agir", completou Becchin.

Os Atos Centrais da Jornada são a Missa de abertura, Boas-Vindas ao Papa Francisco e Via-Sacra, a serem realizados em Copacabana, além da Vigília de Oração e Missa de Envio, que ocorrerão no Campus Fidei, em Guaratiba.

Fonte: Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013

Mais sobre audiodescrição
Neste ano o Auto da Paixão ampliou ainda mais o seu projeto de inclusão, proporcionando
A partir desta quarta-feira (16) começam as apresentações da 18ª Paixão de Cristo do Recife,
Quem passa pelo estádio Aldeião, em Gravataí (RS), aos finais de semana, já pode notar


Mais sobre audiodescrição
Neste ano o Auto da Paixão ampliou ainda mais o seu projeto de inclusão, proporcionando
A partir desta quarta-feira (16) começam as apresentações da 18ª Paixão de Cristo do Recife,
Quem passa pelo estádio Aldeião, em Gravataí (RS), aos finais de semana, já pode notar