A Menina do Cabelo Vermelho terá audiodescrição e Libras na adaptação para teatro

Com o objetivo de transmitir para crianças valores como o respeito às diferenças, a peça infantil "A Menina do Cabelo Vermelho", assinada pela Las Brujas Cia de Teatro, está em temporada até o dia 30 de junho. As apresentações acontecem no Teatro de Câmara Túlio Piva, em Porto Alegre. Este é o primeiro trabalho do grupo fundado em 2011 pela atriz catarinense Diana Manenti e pela atriz gaúcha Lolita Goldschmidt.

A Menina do Cabelo Vermelho

Lolita Goldschmidt, Diana Manenti e Denis Gosh em cena na peça (Foto: Renata Ibis/Divulgação)

Vencedor do Prêmio Myrian Muniz 2012, o projeto inclui ainda o lançamento do livro que deu origem à peça, escrito por Lolita, inspirada em suas experiências pela Europa, Ásia e América Latina, e ilustrado por Mônika Papescu.

A montagem está centrada em Filó, uma garota de cabelos vermelhos que gosta de imaginar muitas histórias. Diferente das outras crianças e sem amigos, ela se sente sozinha.

– A menina é interpretada pela Lolita, autora do livro, que trabalhou como comissária e acabou viajando em vários lugares. Com essas experiências, ela começou a escrever o livro e adaptamos para teatro – conta Diana.

Na peça, a menina utiliza a imaginação. Seu mundo gira em torno de objetos da casa, com os quais ela fala "pelos cotovelos" em seus devaneios. Até que um dia, brincando com sua pipa, Filó engata nos pensamentos e o vento sopra forte. Ela voa mundo afora, passando por vários países, onde se depara com pessoas, roupas e hábitos distintos.

– Nesse final de semana, percebemos que as crianças ficaram bem atentas e impressionadas com esse universo mágico. A peça emociona, tem brincadeiras, comédia e aborda a amizade – afirma.

Filó viaja e conhece pessoas novas (Foto: Renata Ibis/Divulgação)

Para lidar com a temática da discriminação e do preconceito, a peça respeita a inteligência dos pequenos, e, inspirada nas histórias em quadrinhos, une diferentes linguagens. A direção é de Daniel Colin, um dos profissionais mais renomados e premiados do panorama artístico gaúcho da última década. Dividindo a cena com Diana e Lolita e Douglas Dias, ainda integra o elenco o ator e bailarino Denis Gosh.

A peça ainda será apresentada gratuitamente em escolas públicas do município, onde mil exemplares do livro "A Menina do Cabelo Vermelho" serão distribuídos.

– A ideia da doação a escolas públicas é que os alunos poderão assistir o espetáculo e os professores poderão complementar o trabalho em aula com os livros – diz.

O projeto também conta com sessões programadas com tradução simultânea em libras (voltada a estudantes com deficiência auditiva), e uma com audiodescrição (para crianças com deficiência visual) nas escolas. Estas iniciativas têm tudo a ver com a temática do espetáculo, que propõe uma reflexão sobre as diferenças entre as pessoas. A ideia é não só abrir a mente da gurizada, mas também promover inclusão.

SERVIÇO

Temporada: 15 a 30 de junho, aos sábados e domingos, sempre às 16h
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575 – Bairro Cidade Baixa)
Valor dos ingressos: R$ 20,00 (geral) e R$ 10,00 (estudantes, classe artística, idosos e professores)
Duração do espetáculo: 50 minutos.

Fonte: Patrola

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma