Piba e o Mundo em Preto e Branco, agora em Betim

O espetáculo é uma adaptação do livro "Em Preto e Branco", da autora mineira Olga Barbosa da Silva Pereira. Autobiográfico, o livro conta a história de uma mulher que nasce com um problema congênito de visão, denominado acromatopsia, que é uma doença caracterizada pela baixa acuidade visual, hipersensibilidade à luz (fotofobia) e impossibilidade de enxergar as cores, ou seja, uma pessoa acromata enxerga a vida em preto e branco.

As histórias narradas no livro giram em torno das dificuldades vividas pela autora que para enfrentar o dia a dia na infância criou uma amiga imaginária chamada Piba que, como ela, era também acromata. Com muito humor, a autora narra suas experiências e travessuras desde a infância, quando a doença era praticamente desconhecida, mesmo pelos médicos, até o encontro com outros acromatas pela rede social.

Para contar essa história, com criatividade e beleza, a diretora Telma Fernandes, que também assina a adaptação do livro para o teatro, optou por utilizar no espetáculo a linguagem envolvente do teatro de sombras. Valendo-se de seu conhecimento na área de iluminação cênica, Telma abusa dos recursos da luz para criar, no palco, imagens, tanto do mundo colorido, como do mundo em preto e branco. O resultado é um espetáculo envolvente que alcança o público de todas as idades.

No elenco Marco Aurélio Bari e Marilene Batista, graduados na Escola de teatro da EBA/UFMG, dividem também o backstage (bastidor) com o ator sombrista Jo Cometa. Telma Fernandes é artista reconhecida no cenário teatral e vem estabelecendo seu trabalho na direção voltando-se para a criação de espetáculos que se preocupam com a pesquisa e a experimentação de linguagens artísticas do teatro contemporâneo. Diante disso, o espetáculo pretende ser também viável para o público que apresenta alguma dificuldade de visão, através do recurso da audiodescrição.

Ficha Técnica

Direção: Telma Fernandes / Texto dramatúrgico: Adaptação de Telma Fernandes do livro Em Preto e Branco, de Olga Barbosa Pereira/Elenco: Marco Aurélio Bari e Marilene Batista / Iluminação: Telma Fernandes / Trilha sonora original: Sune Salminen / Figurinos: Jonnatha Horta Fortes / Desenhos e adereços: Marco Aurélio Bari / Manipulação: Jô Cometa / Narração e Audiodescrição: Anayan Moretto / Produção: Anayan Moretto e Jocometa Produções.

Realização em Betim: Teatro em Movimento / Rubim Projetos e Produções

Patrocínio: FIAT, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Serviço

"Piba e o Mundo em Preto e Branco"

Classificação: livre

Duração: 50 minutos

Dia: 6 de julho de 2013

Horário: às 19h

Local: Casa de Cultura Josephina Bento (rua Padre Osório Braga, 18, centro, Betim – MG)

ENTRADA GRATUITA – Sujeito a lotação do espaço (500 pessoas)

Informações: (31) 3532-2530

Fonte: Teatro em Movimento

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma