Projeto Museus e Acessibilidade

O Instituto dos Museus e Conservação (IMC) lança o projeto Museus e Acessibilidade. Surgido em 2003, Ano Europeu da Pessoa com Deficiência, tem o objetivo de promover a acessibilidade nos museus tutelados.

O projeto assentou um protocolo com associações representativas de pessoas com deficiência motora, visual, auditiva e mental: FENACERCI (Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social, pela deficiência mental; ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, pela deficiência visual; IJRP (Instituto Jacob Rodrigues Pereira pela deficiência auditiva; APPC-NRS (Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral – Núcleo Regional do Sul pela deficiência motora; ANACED (Associação Nacional de Arte e Criatividade de e para Pessoas com Deficiência.

O projeto, que consiste em uma parceria com vários órgãos portugueses, se concentra na montagem de exposições acessíveis e a formação de profissionais de museus. Na área da edição, publicou em 2004 o livro Museus e Acessibilidade, segundo volume da Coleção Temas de Museologia. O livro serve como um manual de boas práticas que auxilia profissionais na área de museus, arquitetos e designers a conceber exposições acessíveis.

Fonte: Acessibilidade em Ambientes Culturais

Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
Existem na Espanha mais de dois milhões de pessoas com deficiência auditiva ou deficiência visual
Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em


Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
Existem na Espanha mais de dois milhões de pessoas com deficiência auditiva ou deficiência visual
Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em