Primeiro Seminário de Tecnologia Assistiva e Cidadania da Pessoa com Deficiência Visual

A FeCEC e a ACIC realizarão, nos dias 06 e 07 de setembro de 2013 o I Seminário de Tecnologia Assistiva e Cidadania da Pessoa com deficiência visual, nas dependências do hotel Canto da Ilha, localizado na cidade de Florianópolis, no Estado de Santa Catarina.

Público alvo: Pessoas com deficiência visual, representantes de entidades de pessoas com deficiência visual, profissionais da Educação especial, bem como de outras áreas afins e interessados por conhecer aspectos ligados a este segmento.

Objetivo do seminário: Discutir a Tecnologia Assistiva e a cidadania da pessoa com deficiência visual, ampliando assim o debate acerca das questões relacionadas ao tema.

Objetivos Específicos:

  • Discutir questões ligadas a cidadania da pessoa com deficiência visual nos espaços de participação social;
  • Discutir a Tecnologia Assistiva como ferramenta que potencialize o debate acerca do atual modelo social de deficiência propiciando a cidadania e a inclusão da pessoa com deficiência visual;
  • Apresentar novas tecnologias compreendendo sua aplicabilidade para a pessoa com deficiência visual.

Inscrições, hospedagem e alimentação

O período de inscrição será de 15 de junho a 15 de agosto de 2013, obedecendo a seguinte ordem:

– Representantes de entidades afiliadas à FeCEC: 15 a 19 de junho;

– Demais participantes:

  • 1ª etapa: 20 de junho a 10 de julho – Inscrições no valor de R$70,00 (setenta reais);
  • 2ª etapa: 11 de julho a 31 de julho – Inscrições no valor de R$80,00 (oitenta reais);
  • 3ª e última etapa: 01 de agosto a 15 de agosto – Inscrições no valor de R$90,00 (noventa reais).
  • Observe atentamente as orientações e inscreva-se no link: www.mundocegal.com.br/inscricoesacic

– As entidades afiliadas a FeCEC que estejam em dia com suas obrigações estatutárias terão direito a duas vagas gratuitas por entidade, respeitando o prazo de inscrição conforme estabelecido acima.

– A inscrição dos representantes de cada entidade somente será homologada após encaminhamento de e-mail, em até 24 horas após o preenchimento da ficha de inscrição, informando o nome completo dos representantes da entidade, para o endereço eletrônico seminario@acic.org.br.

– A inscrição será efetivada para os demais participantes, através de depósito identificado, efetuado na instituição
bancária abaixo relacionada:
Instituição Bancária: Banco do Brasil
Titular: Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC
Agência: 3174-7
Conta Corrente: 25161-5

– A inscrição somente será homologada após encaminhamento do comprovante de depósito, em até 48 horas após o preenchimento da ficha de inscrição, para o fax (48) 3261-4508 ou para o endereço eletrônico seminario@acic.org.br.

– A hospedagem será gratuita para os 100 primeiros participantes inscritos, a qual será no Hotel Canto da Ilha, localizado na Avenida Luiz Boiteux Piazza, 4810, no bairro Ponta das Canas, na cidade de Florianópolis/SC, cep 88056-680, onde ocorrerá o evento.

– A gratuidade na hospedagem corresponderá ao período de realização do evento, isto é, a diária do dia 06 de setembro de 2013, incluindo café da manhã.

Salientamos que, será disponibilizado aos participantes somente quartos triplos, e que as reservas para a diária do dia 06 de setembro destinadas aos participantes serão realizadas automaticamente após a comprovação do pagamento da inscrição, entretanto, caso o participante deseje hospedar-se por um período maior, deverá entrar em contato com a organização do evento através do endereço eletrônico: seminario@acic.org.br.

Vale destacar que, o valor da diária para quarto triplo, no período de realização do evento é de R$180,00 (cento e oitenta reais), sendo o valor de R$60,00 (sessenta reais) por pessoa, incluindo café da manhã.

– as refeições serão oferecidas gratuitamente a todos os participantes do evento.

– as despesas com bebidas durante as refeições, os produtos consumidos no frigobar, as guloseimas e serviços adicionais oferecidos pelo hotel, ficarão sob a responsabilidade de cada participante.

– Cada participante receberá certificado de 20 horas, emitido pelo Centro de Educação à Distância – CEAD, da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, o qual será enviado no prazo de 90 dias a contar da data de realização do evento, para o endereço eletrônico informado na ficha de inscrição.

– Apenas terão direito a certificação aqueles participantes que possuírem, no mínimo, 75% de freqüência.

– Cada participante receberá uma pasta contendo material do evento.

– Haverá, durante todo o evento, exposição de Tecnologia Assistiva para pessoas com deficiência visual.

Programação do evento:

Dia 06 de setembro

7:30 às 09:30: Credenciamento na secretaria do evento e entrega de material;

09:30 às 10:30: Solenidade de abertura;

10:30: Palestra magna: Tecnologia Assistiva e às várias vertentes relativas à acessibilidade.
Palestrante Clovis Alberto Pereira, graduado em ciências Sociais e Consultor em inclusão e acessibilidade LARATEC/LARAMARA/ONCB;

11:10: Debate;

11:30 às 13:00: Almoço;

13:00: Palestra: A Tecnologia Assistiva enquanto potencializadora da discussão referente ao modelo social de deficiência.
Palestrante: Geisa Letícia Kempfer Bock, graduada em Educação Especial com Mestrado em Educação e Formação de professores e Professora do LEdI/CEAD da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC;

13:40: Debate;

14:00: Painel 1: Os diferentes leitores de tela e os sistemas operacionais
– Virtual vision. Painelista: André Rezende Marques, Responsável pela apresentação do Virtual Vision da empresa Micropower, pelo suporte e consultor de acessibilidade web;
– Jaws. Painelista: Mauricio Peixoto de Mattos Almeida, acadêmico de desenvolvimento internacional, Empresário em Tecnologia e Consultor em Acessibilidade;
– NVDA. Painelista: Marlin Rodrigues, graduado em Filosofia, Tradutor e Colaborador ativo junto a equipe de desenvolvimento do NVDA;
– Orca. Painelista: André Luiz de Assis, acadêmico de análise de desenvolvimento de sistema e Técnico em tecnologia da informação.

15:20: Coffee Break;

15:40: Palestra: O mundo do trabalho e às políticas afirmativas.
Palestrante Márcio Castro de Aguiar, graduado em Fisioterapia, Chefe do Serviço de Ambientação e Acompanhamento de Pessoas do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e Membro da Comissão de Política Institucional para Promoção da Acessibilidade do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro;

16:20: Debate;

16:40: Painel 2: Relatos de projetos de pesquisa voltados ao desenvolvimento de Tecnologia Assistiva:

– Bengala eletrônica. Painelista Alejandro Rafael Garcia Ramirez, possui Doutorado em Engenharia elétrica e Professor da Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI;
– Jogos como instrumento no processo de letramento de crianças com deficiência visual. Painelista Lidiane Figueira, graduada em Licenciatura em Informática, com Mestrado em Informática UFRJ/INCE/IN, Professora de Informática Educativa na Escola Inclusiva Vitória e Professora da Universidade Lisboa.

17:40: Palestra: As pessoas com deficiência visual e a inclusão no ensino superior.
Palestrante Paulo Ricardo Ross, possui Mestrado em educação e trabalho das pessoas com deficiência – UFPR, e Doutorado em educação e políticas inclusivas – USP e Professor da Universidade Federal do Paraná – UFPR.

18:20: Debate;

18:40: Encerramento das atividades;

20:00: Jantar.

Dia 07 de setembro

9:00: Apresentação cultural;

9:20: Palestra: A participação das pessoas com deficiência visual nos movimentos sociais – promovendo a inclusão.
Palestrante Moisés Bauer Luiz, graduado em direito, Especialista em Direito do Estado, Assessor jurídico do Ministério Público do RS, Presidente da ONCB e Secretário de Direitos Humanos da ULAC;

10:00: Debate;

10:20: Coffee Break;

10:40: Espaço para apoiadores e patrocinadores;

11:40: Palestra: Audiodescrição: histórico, situação atual e perspectivas.
Palestrante Felipe Leão Mianes, graduado em História pela PUC/RS. Mestre em Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Doutorando em Educação na UFRGS, na linha de pesquisas Estudos Culturais em Educação. Realiza pesquisas sobre produções culturais de pessoas com deficiência visual, além de trabalhar com narrativas de pessoas cegas e com baixa visão em livros e em redes sociais. Docente de cursos de extensão na área da acessibilidade, inclusão e de audiodescrição; Consultor em acessibilidade; Audiodescritor e consultor da Tagarellas Audiodescrição.

12:20: Debate;

12:40 às 14:00: Almoço;

14:00: Palestra: Controle social e o avanço das políticas públicas.
Palestrante Volmir Raimondi. Conselheiro Nacional de Assistência Social, Presidente da Associação de Deficientes Visuais de Bento Gonçalves – ADVBG, Presidente da associação Pró-rim da cidade de Bento Gonçalves e Presidente da União Latino-americana de Cegos – ULAC.

14:40: Debate;

15:00: Palestra: Acessibilidade na Web – noções básicas de navegação acessível: verificando acessibilidade de sites e a importância de reivindicar esta condição aos desenvolvedores.
Palestrante Leondeniz Cândido de Freitas, graduado em direito com especialização em direito do trabalho e formação em técnico em informática, Servidor e integrante da comissão de acessibilidade do tribunal regional do trabalho da 9ª região e Assessor de comunicação da ONCB.

15:40: Debate;

16:00: Coffee Break;

16:20: Painel 3: Novos caminhos para a Informática – Android e Apple e a acessibilidade para pessoas com deficiência visual.
– Apple e voice over aplicado em computadores da Apple e dispositivos móveis. Painelista: Lucas Radaelli, acadêmico de Ciências da Computação e Consultor de Acessibilidade e Usabilidade Web;
– Android e acessibilidade em dispositivos móveis. Painelista: André Luiz de Assis, acadêmico de análise de desenvolvimento de sistema e Técnico em tecnologia da informação.

17:00 às 17:45: Espaço para avaliação do evento.

17:45 às 19:00: Solenidade de encerramento.

19:00: Jantar de encerramento.

Agora que já conheceu a programação de nosso Seminário, observe atentamente as orientações e inscreva-se no link: www.mundocegal.com.br/inscricoesacic

Entidades Promotoras

Federação Catarinense de Entidades De e Para Cegos – FeCEC

A FeCEC foi fundada em 26 de abril de 2005, constituindo-se em entidade civil, sem fins econômicos, que tem como objetivo representar as entidades de e para cegos a ela filiadas, articulando-as e fortalecendo-as, e contribuindo para a unificação do movimento deste segmento populacional, viabilizando sua participação em todas as instâncias sociais.

Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

A ACIC, Organização não Governamental, sem fins lucrativos e de caráter socioassistencial, que atende pessoas cegas ou com baixa visão de todo estado de Santa Catarina, por meio da prestação de serviços nas áreas de habilitação, reabilitação, profissionalização, cultura, esporte e lazer, foi fundada em 18 de junho de 1977, por um grupo de pessoas cegas que percebeu a necessidade de mobilizar esta parcela da população, para que pudessem tornar-se visíveis enquanto sujeitos de direitos.
No transcorrer desta jornada, após trinta e cinco anos, percebemos mudanças significativas em relação ao que se entende por deficiência e tais transformações são visíveis no modo como a pessoa com deficiência visual hoje é encarada na sociedade, sendo indivíduos produtivos, que exercem múltiplos papéis sociais e contribuem para o desenvolvimento social.

Comissão organizadora:

Jairo da Silva – Presidente da Federação Catarinense de Entidades DE E Para Cegos – FeCEC e Presidente da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Leonardo Apolinário Inácio – Diretor Secretário da Federação Catarinense de Entidades DE E Para Cegos – FeCEC

Daiani Domingos – Primeira Vice-presidente dos Centros de Serviços da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Débora Marques Gomes – Diretora Secretária da Associação Catarinense Para Integração do Cego – ACIC e Coordenadora desta comissão

Maristela Sartorato Pauli Bianchi – Gerente Técnica do Centros de Serviços da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Denise Pacheco – Coordenadora pedagógica da área da Profissionalização do Centro de Reabilitação, Profissionalização e Convivência – CRPC, da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Marcilene Aparecida Alberton Ghisi Chaves – Coordenadora pedagógica das áreas de habilitação e reabilitação do Centro de Reabilitação, Profissionalização e Convivência – CRPC, da Associação Catarinense para Integração do Cego – ACIC

Maurício Sá Peixoto – Professor do laboratório de Informática do Centro de Reabilitação, Profissionalização e Convivência – CRPC, da Associação Catarinense Para Integração do Cego – ACIC.

Fonte: Associação Catarinense para Integração do Cego

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na