Festival Assim Vivemos comemora 10 anos

Em 2013, o Festival Assim Vivemos comemora 10 anos de existência. Mantendo a tradição que o legitimou como a maior celebração da inclusão cultural do Brasil, nesta sexta edição seguimos com o foco na pessoa com deficiência como protagonista dos filmes e do público do festival.

logomarca Festival Assim Vivemos 2013

O Assim Vivemos tem a honra de ser o primeiro festival de cinema no Brasil a oferecer acessibilidade para pessoas com deficiência visual (audiodescrição em todas as sessões e catálogos em Braille) e para pessoas com deficiência auditiva (legendas Closed Caption nos filmes e interpretação em LIBRAS nos debates), desde 2003. Quanto à acessibilidade física, o festival é realizado no Centro Cultural Banco do Brasil, que garante o acesso de pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes.

A programação inédita conta com 26 filmes de 17 países, que trazem novas abordagens sobre o tema do autismo e seu amplo espectro, sobre o tema da surdez e os posicionamentos conflitantes entre oralização e sinalização, sobre as moradias assistidas para pessoas com deficiência e as complexidades da institucionalização, entre outros temas palpitantes. Como de costume, os filmes do festival nos trazem personagens encantadores, que mostram suas vidas e apresentam experiências de inclusão situadas em todos os hemisférios.

Convidamos o filme As Sessões (Fox Filmes) para dar o mote a um dos quatro debates que tradicionalmente organizamos sobre temas específicos, congregando pessoas com deficiência, profissionais especializados e realizadores. O filme trata da vida afetiva e sexual de Mark O’Brien, personagem real que já foi retratado em um documentário que exibimos na primeira edição do festival: Lições de Respiração: a vida e a obra de Mark O’Brien. No filme As Sessões, o tema da Terapeuta Sexual Substituta é diretamente abordado, para mostrar como essa prática, já desenvolvida nos Estados Unidos há mais de 30 anos, pode colaborar para melhorar a qualidade de vida afetiva e sexual dos pacientes da terapia convencional. Os outros temas de debates serão Autismo e seus desafios, Surdez e comunicação e Institucionalização das pessoas com deficiência.

Todas as sessões terão ENTRADA FRANCA.

Rio de Janeiro
21.AGO-1.SET.2013
Rua Primeiro de Março 66 – Centro – CEP: 20010-000
Tel. [21] 3808-2020
twitter.com/ccbb_rj
facebook.com/ccbb.rj

São Paulo
2-12.OUT.2013
Rua Álvares Penteado 112 – Centro – SP
Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Tels. [11] 3113-3651 / 3113-3652
twitter.com/ccbb_sp
facebook.com/ccbbsp

Confira a programação completa no site: www.assimvivemos.com.br.

bb.com.br/cultura
SAC 0800 729 0722 – Ouvidoria BB 0800 729 5678 – Deficientes Auditivos ou de Fala 0800 729 0088

Descrição da imagem: Desenho de rostos estilizados, pintados com traço preto, sobre um retângulo de madeira branco que recebeu jatos de tinta aerosol nas cores vermelho, amarelo e azul. Ficaram alguns pequenos retângulos brancos que evidenciam que quando foi jogado o jato de tinta havia em cima daqueles lugares um pequeno retângulo de madeira que agora aparece pintado de amarelo na lateral esquerda da figura. O rosto do centro, que está pintado sobre a parte vermelha, está de perfil com um grande olho amendoado todo preenchido de tinta preta, da boca sai um balão dentro do qual há três letras A. Na parte inferior esquerda sobre a tinta amarela um rosto de frente com apenas um olho aberto no centro e pequenos rabiscos nas laterais e topo da cabeça. Na parte inferior direita sobre a tinta azul a parte superior de um rosto de perfil com um olho amendoado todo preenchido de tinta preta. Sobre este desenho na parte superior direita escrito em letras brancas Assim Vivemos – 6º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Na parte inferior direita: Lei de Incentivo a Cultura. Produção: Lavoro Produções. Realização: Centro Cultural do Banco do Brasil. Ministério da Cultura. Governo Federal. Brasil País Rico é País sem Pobreza.

Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo


Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo