Mostra de fotografias com acessibilidade na Univasf

A mostra de fotografias Olhar do Coração, que começa hoje (22) na Reitoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), traz para Petrolina uma proposta diferente: a ideia de que a arte da fotografia deve estar ao alcance de todas as pessoas, inclusive daquelas com algum tipo de deficiência. As 12 fotos em exposição são de autoria da fotógrafa e artista plástica Jaquelina Rolim, que tem baixa visão. As obras retratam cenas do cotidiano de várias cidades por onde a artista já passou.

Olhar do Coração é uma exposição inovadora por apresentar as fotografias acompanhadas de legendas em português, em braile e com áudio descrição. Além disso, todas as imagens têm impressão metalizada e contêm elementos em alto relevo, feitos pelo professor de Educação Especial de Juazeiro do Norte (CE) Carlos Oliveira, que auxiliam as pessoas cegas ou com baixa visão a conhecer o trabalho de Jaquelina.

A abertura de Olhar do Coração será realizada às 10h de hoje e as obras ficarão expostas apenas até amanhã (23). A visitação é gratuita e pode ser feita no horário comercial. A fotógrafa estará à disposição dos visitantes durante toda a mostra.

A primeira exposição Olhar do Coração foi realizada em 2010, no Crato (CE), na região do Cariri, terra natal de Jaquelina. Desde então, já percorreu várias cidades do Ceará, da Bahia e de Minas Gerais, sempre levando a proposta de inclusão. Para Jaquelina, apresentar seu trabalho em Petrolina, cidade que fazia parte de seu trajeto entre o Crato e Salvador, onde já estudou, é muito significativo. "Também tenho familiares aqui. E sempre gostei da hospitalidade de Petrolina. Acho que a cidade tem muito a oferecer aos visitantes", disse. E Petrolina é uma das cidades que está presente nas fotografias da mostra. "Fotografei da janela do carro os raios do pôr do sol refletidos nas águas do rio, numa das minhas vindas à cidade", contou. Cenas de cidades dos estados do Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais e Alagoas também fazem parte da exposição.

Jaquelina nutre desde a infância um gosto especial pela fotografia. Mas foi na juventude, já com a visão central totalmente comprometida por uma doença ainda não diagnosticada, que ela fez seu primeiro curso de fotografia no Senac. Seu maior desafio foi domar as ferramentas oferecidas pelas câmeras, cujos menus não são feitos para pessoas com deficiência visual. "Consegui decorar todo o menu e pela localização de certas luzes na máquina eu consigo operar o equipamento e fazer as fotografias", relatou. A inspiração para as imagens ela busca dentro de si. "Vou atrás de elementos que representam o meu sentimento naquele lugar e momento", revelou.

Olhar do Coração é uma promoção conjunta entre a Univasf, por meio da Diretoria de Arte, Cultura e Ações Comunitárias (DACC) e da Coordenação de Políticas de Educação Inclusiva; e a Secretaria Municipal de Acessibilidade, e integra a programação da Semana da Pessoa com Deficiência.

Serviço:

Exposição Olhar do Coração
Data: 22 e 23 de agosto de 2013
Horário: 8h às 12h e 14h às 18h
Local: Hall da Reitoria da Univasf, campus Petrolina Sede
Renata Freitas
Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf
Assessoria de Comunicação Social

Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por


Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por