Quebra Nozes, Dom Quixote e Bachianas nº 1 em Jundiaí: imperdível!

Pela primeira vez desde sua fundação em 2008, a São Paulo Companhia de Dança – grupo mantido pelo governo do Estado – terá uma apresentação preparada para deficientes visuais. O espetáculo acontece no domingo (1), às 18h, no histórico Teatro Polytheama, de Jundiaí (a 58 km de São Paulo).

Espetáculo da SP Companhia de Dança - Bachianas nº 1

Ao todo, serão distribuídos 55 fones de ouvido através dos quais será transmitida a narração do espetáculo, que mescla clássico e contemporâneo, com obras do peso de "Bachiana N° 1", de Heitor Villa-Lobos (com uma criação inédita do coreógrafo Rodrigo Pederneiras), "Dois a Dois", que inclui dois Grand Pas de Deux (momento em que dançam apenas um casal de bailarinos) dos famosos balés "O Quebra-Nozes" e "Dom Quixote"; e "Mamihlapinatapai", do mineiro Jomar Mesquita.

Até o fim do ano serão realizados 12 espetáculos com audiodescrição para deficientes visuais em diferentes cidades de São Paulo. E a atriz Marisa Pretti, que estará na cabine para fazer a narração, não esconde a possibilidade de sentir um frio na barriga tão grande quanto no dia em que encenou pela primeira vez. "Talvez tenha até dor de barriga", brinca. "É uma situação muito complexa. No palco, você não se concentra no público. Agora, vou ter que concentrar nos dançarinos e nas pessoas da plateia".

Marisa Pretti faz parte do grupo Menina dos Olhos, ganhador da licitação para fazer o trabalho.

Descrição do Convite:

O CONVITE EM FUNDO PRETO APRESENTA À ESQUERDA, INFORMAÇÕES SOBRE O ESPETÁCULO E À DIREITA, UMA FOTO COLORIDA DO PAR PRINCIPAL DA COREOGRAFIA INTITULADA BACHIANA Nº1. NO TOPO DO CANTO SUPERIOR ESQUERDO EM LETRAS PEQUENAS BRANCAS LÊ-SE: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO E SECRETARIA DA CULTURA APRESENTAM. EM SEGUIDA, O LOGOTIPO COMPOSTO POR OITO SEMICÍRCULOS BRANCOS SOBREPOSTOS. QUATRO À DIREITA E QUATRO À ESQUERDA. OS TRAÇOS E TAMANHOS SÃO VARIADOS. OS SEMICÍRCULOS MENORES ESTÃO INSERIDOS NOS MAIORES COM AS ABERTURAS VOLTADAS PARA DENTRO FORMANDO UM CONJUNTO HARMÔNICO DE cis, QUE NÃO SE ENCAIXAM E REMETEM A RODOPIOS. Ao LADO, À DIREITA EM LETRAS BRANCAS MAIÚSCULAS LÊ-SE: SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA E ABAIXO EM LETRAS MENORES: DIREÇÃO ARTÍSTICA: INÊS BOGÉA. ABAIXO, EM DESTAQUE, A DATA EM MARROM: 31 DE AGOSTO E 1 DE SETEMBRO E ABAIXO EM LETRAS MENORES BRANCAS: O ESPETÁCULO DE 1º DE SETEMBRO SERÁ ACESSÍVEL PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS. SEPARADOS POR TRAÇOS HORIZONTAIS MARRONS, AS INFORMAÇÕES: SEXTA 21 HORAS, SÁBADO 21 HORAS, DOMINGO 18 HORAS. NO TEXTO SEGUINTE O NOME DO TEATRO ESTÁ DESTACADO EM MARROM E ESCRITO EM MAIÚSCULO: NO TEATRO POLYTHEAMA, RUA BARÃO DE JUNDIAÍ, 176, CENTRO, JUNDIAÍ. EM SEGUIDA EM LETRAS GRANDES E EM MARROM: ENTRADA GRATUITA; E ABAIXO EM LETRAS MENORES BRANCAS: RETIRAR INGRESSOS NA BILHETERIA 1 HORA ANTES DO ESPETÁCULO. MAIS ABAIXO, EM LETRAS BRANCAS : DE JOMAR MESQUITA COM COLABORAÇÃO DE RODRIGO DE CASTRO, MAMIHLAPINATAPAI; DE MARIUS PETIPA E LEV IVANOV, DOIS A DOIS: GRAND PAS DE DEUX DE O QUEBRA-NOZES E GRAND PAS DE DEUX DE DOM QUIXOTE, REMONTAGENS DE TATIANA LESKOVA E MANOEL FRANCISCO; DE RODRIGO PEDERNEIRAS, BACHIANA Nº 1. Ao CENTRO, NA PARTE INFERIOR, HÁ INFORMAÇÕES INSERIDAS EM UM QUADRADO MARROM. NO TOPO, O TÍTULO EM MARROM CLARO: ATIVIDADES EDUCATIVAS E DE FORMAÇÃO DE PLATEIA. ATIVIDADES GRATUITAS. OFICINAS DE DANÇA: TÉCNICA DE BALÉ CLÁSSICO, HOJE, SÁBADO, DAS 10 HORAS ÀS 11 HORAS E 30 MINUTOS, COM GUIVALDE ALMEIDA. REPERTÓRIO EM MOVIMENTO, HOJE, SÁBADO, DAS 11 HORAS E QUARENTA E CINCO ÀS 13 HORAS. À DIREITA, HÁ UMA FOTO COM O PAR PRINCIPAL DA COREOGRAFIA BACHIANA Nº 1. KARINA MOREIRA É UMA JOVEM DE PELE CLARA, ROSTO EXPRESSIVO, CABELOS CASTANHOS PRESOS POR UMA FAIXA LARGA DE RENDA QUE DEIXA APENAS O COQUE ALTO APARENTE, OLHOS ESCUROS, NARIZ FINO E LÁBIOS CARNUDOS. ANDRÉ GRIPPI É UM JOVEM DE PELE MORENA, CORPO BEM DEFINIDO, OLHOS CASTANHOS, CABELOS CRESPOS BEM CURTOS E LÁBIOS CARNUDOS. OS BAILARINOS USAM UMA SEGUNDA PELE DE RENDA NO TOM NUDE QUE EVIDENCIA E CAMUFLA SEUS CORPOS. SAPATILHAS COM TECIDO EM TOM NUDE. A FOTOGRAFIA MOSTRA ANDRÉ COM AS PERNAS EM APOIO, SUSTENTANDO KARINA PELO QUADRIL COM A MÃO DIREITA E COM A OUTRA, SEGURA A MÃO ESQUERDA DE KARINA QUE ESTÁ ALONGADA COM O TRONCO INCLINADO PARA FRENTE, O PÉ DIREITO APOIADO NO CHÃO EM PONTA E A PERNA ESQUERDA PARA TRÁS EM LINHA HORIZONTAL EM PERFEITO EQUILÍBRIO. ACIMA, HÁ UM TEXTO INSERIDO EM UM RETÂNGULO DELINEADO EM MARROM CLARO E LÊ-SE: ESPETÁCULO COM RECURSO DE AUDIODESCRIÇÃO, E EM LETRAS MENORES: 1º DE SETEMBRO. NO CANTO INFERIOR DIREITO, OS NOMES DOS BAILARINOS E DA COREOGRAFIA: KARINA MOREIRA E ANDRÉ GRIPPI EM BACHIANA Nº 1. NO RODAPÉ, EM FUNDO CLARO HÁ SETE LOGOMARCAS DOS ÓRGÃOS ENVOLVIDOS, DA ESQUERDA PARA A DIREITA: CAPEZIO,POLYTHEAMA, PREFEITURA DE JUNDIAÍ, SECRETARIA DE CULTURA, ASSOCIAÇÃO PRÓ-DANÇA, SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA E GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Crédito da Descrição: As Meninas dos Olhos

Mais sobre audiodescrição
O Coletivo Lugar Comum e a Cia. Etc. se encontraram no Instituto de Cegos Antônio
Dentro ou fora do palco, o Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado
acaba de sair a mais nova edição do programa ACESSIBILIDADE JÁ, programa produzido por Lenon


Mais sobre audiodescrição
O Coletivo Lugar Comum e a Cia. Etc. se encontraram no Instituto de Cegos Antônio
Dentro ou fora do palco, o Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado
acaba de sair a mais nova edição do programa ACESSIBILIDADE JÁ, programa produzido por Lenon