Semana de Luta da Pessoa com Deficiência em Campinas

A Prefeitura de Campinas, por intermédio da Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, realiza, entre os dias 13 e 25 de setembro, uma série de atividades em alusão à Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. A programação inclui caminhada, debates, exposições, peças de teatro e visitas guiadas com recursos de audiodescrição, para pessoas com deficiência visual, e Líbras para pessoas com deficiência auditiva.

O objetivo central da semana é tornar públicas as questões que envolvem a acessibilidade das pessoas com deficiência, desde uma simples rampa de acesso até sua inclusão nas atividades socioculturais, educacionais e de saúde que ocorrem no município. "A Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é um evento de suma importância, pois marca toda uma trajetória de luta efetiva para inclusão da pessoa com deficiência, na busca, ainda constante, do rompimento das barreiras atitudinais, com a intenção de que todos sejam apenas pessoas na sociedade, independentemente de raça, cor, sexo, credo e da deficiência que possuem", afirma a secretária da Pasta, Emmanuelle Garrido Alkmin. Abertura Oficial A abertura oficial da semana acontece no próximo domingo, dia 15 de setembro, com a 1ª Caminhada da Inclusão. Os participantes irão se concentrar, a partir das 9 horas no portão principal da Lagoa do Taquaral. A inclusão constitui, basicamente, a quebra de paradigmas, o rompimento das barreiras do preconceito, mostrando que a pessoa com deficiência realiza em seu cotidiano as mais diversas tarefas, tanto no âmbito profissional, quanto no sociocultural e esportivo. Durante as atividades da semana, esses avanços poderão ser vistos nas apresentações de teatro encenadas por atores com deficiência e na presença de deficientes auditivos, visuais ou mesmo intelectuais como público dessas atividades. Atividades culturais Na exposição Energia, do Sesc eles conhecerão, de forma lúdica e interativa, o universo da energia, o impacto nas condições de vida da humanidade, os desafios para a construção do futuro e o conhecimento de questões energéticas dos pontos de vista científico, histórico, econômico e político. Os interessados na visita guiada devem se inscrever, gratuitamente, na Central de Atendimento do Sesc Campinas pelo telefone: 019-37371500. As atividades da semana incluem também duas apresentações teatrais Bartolomeu – Um Viajante de Quintais e A viagem do Capitão Tornado. A primeira peça, encenada por atores com deficiência, assistidos pelo Instituto Norberto de Souza Pinto, une teatro de animação (máscaras, teatro de papel e manipulação de bonecos), dança contemporânea, música e textos autorais, para contar uma história fantástica de reis, rainhas, princesas, viajantes e pipas. A viagem do Capitão Tornado, que será apresentada pelo grupo ADID de teatro, constituído por atores com Síndrome de Down, retrata a história de um miserável grupo de teatro que percorre a Europa do século XVIII em busca de novos palcos para suas apresentações. Uma exclusividade dessa semana será a visita guiada na 5ª edição da Casa Cor. Com 1.620 metros quadrados de área construída, 4 mil metros quadrados de terreno e repleto de histórias memoráveis, o antigo Palácio do Bispo abrigará uma exposição de aproximadamente 40 ambientes assinados pelos mais renomados profissionais de arquitetura, design e paisagismo de Campinas e região. As pessoas interessadas devem agendar horário pelo telefone (19) 2116-0455 ou pelo e-mail: smpd@campinas.sp.gov.br Políticas públicas Além da programação cultural, esta edição da Semana de Luta conta ainda com debates sobre políticas públicas para as pessoas com deficiência. Por meio da Câmara Temática da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Região Metropolitana de Campinas (RMC), serão discutidas políticas regionais efetivas para estabelecer novas diretrizes e quebrar paradigmas. Também está previsto um debate público sobre o marco regulatório das comunicações e acessibilidade comunicacional. Programação 13 e 14 de setembro Exposição Energia no SESC Campinas com recursos de audiodescrição e Líbras. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na Central de Atendimento do Sesc-Campinas pelo telefone (19) 3737-1500
Horários: sexta-feira às 15h e sábado às 16h
Local: Galpão do Sesc-Campinas
Endereço: Rua Dom José I, 270/333 Bonfim 15 de Setembro 1ª Caminhada da Inclusão Horário: 9h
Local: entrada principal da Lagoa do Taquaral 17 de Setembro – Teatro: Bartolomeu – Um Viajante de Quintais Horário: 20h
Local: Teatro Castro Mendes
Endereço: Praça Correa de Lemos, s/nº Vila Industrial 18 de Setembro – Debate Público Marco Regulatório das Comunicações e Acessibilidade Comunicacional Horário: 14h
Local: Câmara Municipal de Campinas
Endereço: Avenida Engenheiro Roberto Mange, 66 – Ponte Preta – Bate Papo sobre os caminhos da inclusão Horário: 18h
Local: Teatro Sesi Amoreiras
Endereço: Avenida das Amoreiras 450 – Parque Itália 19 de Setembro 1ª reunião da Câmara Temática da Pessoa com Deficiência Horário: 19h30
Local: a confirmar 21 de Setembro Teatro: A viagem do Capitão Tornado – Grupo ADID com Audiodescrição e Líbras Local: Sesi Amoreiras
Endereço: Avenida das Amoreiras 450 – Parque Itália
Horário: 20h 24 de setembro Casa Cor Experience Parque D. Pedro Shopping A exposição contará com ambientes acessíveis e visitas guiadas com os recursos da audiodescrição e Líbras, previamente agendadas Horário: 19h
Local: Parque D. Pedro Shopping
Endereço: Avenida Guilherme Campos – Jardim Santa Genébra, no Parque D. Pedro Shopping 25 de Setembro Visita guiada Casa Cor Campinas – Casa do Bispo (com audiodescrição e Líbras) Local: Rua José Ferreira de Camargo, 844 Nova Campinas
Horário: 15h Demais informações podem ser obtidas no Portal da Prefeitura www.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone: (19) 2116-0455. Fonte: Prefeitura de Campinas

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série