Banho de audiodescrição em Porto Alegre neste fim de semana

A Tagarellas Audiodescrição prepara para este final de semana visitas guiadas com audiodescrição a duas exposições em cartaz na Capital gaúcha, além de uma oficina de audiodescrição na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre.

  • Pés-Columbinos, fotografias de Leandro Michel Antonelo Pereira expostas na Carmen Medeiros Galeria de Arte (Galeria Moinhos de Vento, na Av. Independência, 1211, esquina com a Rua Ramiro Barcelos), terá visita guiada na sexta-feira (8), às 19h.

    Sobre Pés-Columbinos

    flores

    Foto colorida e horizontal destaca, ao centro, da canela para baixo, uma perna esquerda masculina pintada de roxo, com o pé plantado no chão, e a direita pintada de vermelho e cruzada sobre a esquerda. Ao fundo, imensas, duas flores de cinco pétalas vermelhas e miolo amarelo vivo, com cinco filetes alaranjados na base e marrons na ponta. À direita, tocando a planta do pé vermelho, uma pequena flor de seis pétalas longas, toda amarela. Por trás das pernas e das flores, ampliado e desfocado, parte dos contornos de pétalas e botões de flores arredondados, roxo-azulados.Composta por onze fotografias de Leandro Michel Antonelo Pereira, Pés-Columbinos apresenta obras que criam um diálogo entre os princípios do prazer e da realidade. "A columbina representa a paz, esmagada pela rosa de Hiroshima, libertada pela aceitação do nosso cisne negro e ressurgida na superação da guerra entre o masculino e o feminino, o yin e o yang. A atmosfera escura de algumas fotos é o complemento das que apresentam uma linguagem mais clara e aberta, possibilitando se pensar sobre diversos temas da existência humana", explica Leandro. O artista trabalha com pinturas e fotografias desde 1995 e expõe desde 2011.

  • O Som da Tinta, composta por gravuras, matrizes e vídeos audiodescritos, resultado de duas oficinas de xilogravura promovidas no Estúdio Hybrido com pessoas surdas ou com deficiência visual, que está na sala Radamés Gnatalli (4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana, na Rua dos Andradas, 738), receberá usuários de audiodescrição e interessados no sábado (9), às 13h.

    Sobre O Som da Tinta

    Som da Tinta

    A foto colorida mostra o detalhe de uma folha de papel impressa em relevo, sem tinta. Parcialmente iluminada pelo Sol, a superfície branca, de aspecto aveludado, exibe uma série de linhas verticais e horizontais que, juntas, formam uma sequência irregular de retângulos. O conjunto lembra a textura de um muro de pedras. A exposição O Som da Tinta, produzida pelo Estúdio Hybrido em parceria com a Tagarellas Audiodescrição, apresenta os resultados das oficinas de xilogravura Luz da Tinta e Impressão dos Sentidos realizadas, respectivamente, em 2012 e 2013, com pessoas surdas ou com deficiência visual. Estão expostas matrizes em MDF, impressões em papel e registros em vídeo com audiodescrição das oficinas ministradas pelo artista visual Marcelo Monteiro, com apoio da professora bilíngue (português-Libras) Ana Cristina Meneghetti e da Tagarellas.

  • recomenda-se chegar aos locais das exposições com pelo menos 30 minutos de antecedência.

  • Audiodescrição: descobrindo o mundo pelas palavras é o nome da oficina ministrada pela Tagarellas Audiodescrição, com apoio da ADEVIS-NH (Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo), dentro da programação da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre. Para quem não conhece o recurso da audiodescrição, será uma oportunidade de entender, na prática, como é possível tornar qualquer produto cultural, evento ou serviço acessível a pessoas cegas e com baixa visão. Serão apresentadas noções básicas sobre roteiro, narração e consultoria em audiodescrição, além de exemplos da aplicação do recurso a produtos culturais.

Fonte: Tagarellas Audiodescrição

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na