Governo concede mais benesses para os radiodifusores, sem exigência de contrapartida social

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) anunciou na última quarta-feira, 18, novas linhas de incentivo do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para produções de televisão. As chamadas públicas são para as modalidades Suporte Automático – módulo produção; e Suporte Seletivo – PRODAV 1 e PRODAV 2, nas linhas para produções de conteúdo. O montante total de investimento chega a R$ 100 milhões. Tudo isso, sem nenhuma exigência de contrapartida social!

Confira aqui as linhas do FSA destinadas a produções para TV.

Nota do Blog:

Ao mesmo tempo em que a Advocacia Geral da União e a Abert se unem para impedir que as pessoas cegas tenham acesso ao seu direito a audiodescrição em 100% da programação das emissoras de televisão, o governo concede 100 milhões em benésses para os afiliados da Abert, sem exigir qualquer contrapartida social em acessibilidade para pessoas com deficiência.

Uma fração deste valor seria suficiente para que as emissoras oferecessem uma contrapartida social para estas benésses oferecidas pelo governo, custeando a produção de audiodescrição em grande parte de seus programas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Abert



Mais sobre audiodescrição