Porque pessoa com deficiência?

Deficiente, Portador de deficiência ou Pessoa com deficiência? Qual a terminologia correta?

Ao longo dos tempos, conceitos e nomenclaturas são modificados de acordo com o entendimento da sociedade em relação ao seu desenvolvimento social, econômico e humano, por que não?

Um exemplo disso é a forma com que pessoas que possuem algum tipo de deficiência já foram chamadas ao longo da história da humanidade. "Aleijado", "retardado", "invalido", "incapacitado", "deficiente" e outros tantos termos já qualificaram esse grupo de pessoas.

A Bíblia Sagrada traz algumas passagens em que o personagem possui alguma deficiência, como Moisés que tinha uma dificuldade na fala e Jacó, cuja dificuldade era em andar. Ou mesmo em João 9, 1-3 que conta: 1. Ao passar, Jesus viu um cego de nascença. 2. Os discípulos perguntaram: "Mestre, quem foi que pecou, para que nascesse cego? Foi ele ou seus pais?" 3. Jesus respondeu: "Não foi ele que pecou, nem seus pais, mas é cego para que nele se manifestem as obras de Deus".

Porque pessoa com deficiência? Missa da Acessibilidade no Santuário de Aparecida

O Conselho Mundial de Igrejas, em consonância com essa passagem de João, afirma que “As deficiências não precisam ser vistas somente como perda, elas devem ser vistas como parte da diversidade humana e pluralidade da criação de Deus”.

Partindo do pressuposto que as diferenças fazem parte da diversidade humana e que elas não podem ser um determinante para a criação de desigualdade e discriminação entre indivíduos, seguem abaixo algumas perguntas frequentes quando se vai abordar a questão da deficiência.

Devo chamar uma pessoa de "deficiente", "pessoa com necessidades especiais", "portador de deficiência" ou "pessoa com deficiência"?

Todos esses termos já foram usados, ou continuam sendo usados equivocadamente, pela sociedade em geral. A mudança de nomenclatura é natural do desenvolvimento humano. O mais adequado, atualmente, é o termo "Pessoa com deficiência". Nesse termo a figura da pessoa vem antes da deficiência, a qual não é mais importante que o indivíduo. Assim, existe: pessoa com deficiência auditiva, pessoa com deficiência visual, pessoa com deficiência física, pessoa com intelectual.

Por que não deficiente?

Porque é um termo pejorativo que normalmente é associado à ineficiência.

Por que não pessoa com necessidades especiais?

Porque pessoas com deficiência – assim como idosos, grávidas e outras pessoas que possam ter dificuldade para realizar alguma atividade – podem ter necessidades especiais para terem mais segurança, conforto e autonomia. Ou seja, todas as pessoas podem ter alguma necessidade especial. Por exemplo, no Santuário Nacional existem pontos de coleta de cadeiras de rodas para qualquer devoto, com ou sem deficiência, possa usufruir de uma visita mais confortável à Casa da Mãe.

Por que não portador de deficiência?

Porque essas pessoas não portam a deficiência, mas sim, possuem a deficiência, assim como as pessoas não portam olhos azuis, mas os possuem. Uma pessoa pode portar óculos escuros os quais pode tirá-los quando quiser. A deficiência é inerente à pessoa.

É correto chamar um surdo de surdo-mudo?

Não, pois nem todos os surdos são mudos. Há surdos que são oralizados e que falam como quem não é surdo. Uma pessoa é muda quando ela possui alguma deficiência nas cordas vocais o que impede ou dificulta a produção da fala.

Acessibilidade na TV Aparecida

A TV Aparecida oferece o closed caption e a audiodescrição para seus telespectadores com deficiência auditiva e telespectadores com deficiência visual.

Fonte: setor de acessibilidade da TV Aparecida

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série