Liberato e Tagarellas criam Laboratório de Audiodescrição

Com o objetivo de desenvolver experiências na formação de audiodescritores e consultores em AD, através da parceria estabelecida com a Tagarelas AD, ocorreu, no dia 17 de janeiro, na Incubadora Tecnológica Liberato (ITEL), um encontro que reuniu as integrantes da Tagarelas, Marcia Caspary e Mariana Baierle, o Diretor Executivo da Liberato, Leo Weber, e os colaboradores da ITEL, Elemar Schneider, Cícero Teixeira, Deise Gabriela Bays e Jader Bernardes.

Na ocasião, foi elaborado o planejamento das ações e estratégias que efetivamente consolidarão o Laboratório de Audiodescrição. Também foi oficializado que o projeto, com recursos de R$ 250 mil, foi aprovado através de uma emenda parlamentar. Com isso, será possível materializar tecnologicamente o laboratório de AD.

A ITEL Liberato, em conjunto com a Tagarelas AD e com apoio da Diretoria de Pesquisa e Produção Industrial (DPPI), irá prospectar ações e possibilidades para pessoas com deficiências auditivas e visuais, tornando-as empreendedoras para a prestação de consultorias na área audiovisual (cinema, televisão, museus, espetáculo de teatro, música, dança), além da acessibilidade aos produtos audiovisuais disponíveis na internet.

A ideia é que, com isso, as pessoas com deficiência se incidiram melhor no contexto da sociedade, possibilitando a geração de acessibilidade e empoderamento.

Fonte: Fundação Liberato



Mais sobre audiodescrição