Rio de Janeiro: acessibilidade no Dia Mundial do Teatro

Neste 27 de março comemora-se o Dia Mundial do Teatro. Para celebrar, o Rio Show fez um roteiro de espetáculos ou eventos que permitem que todos os pequenos, sem restrições, possam se divertir. A peça "A aventura de Pedro" no Teatro Municipal do Jockey mostra como se pode fazer a diferença com pequenas mudanças nos equipamentos, facilitando o acesso a cadeirantes e oferecendo visitas guiadas para pessoas com baixa visão (antes da peça), intérpretes de libras (linguagem de sinais) e legendas eletrônicas.

"Acredito que os teatros, públicos e privados, deveriam ter equipamentos de legendagem e de audiodescrição disponíveis para que o uso dessas tecnologias se torne corrente e natural. Neste momento, estamos elaborando uma futura antologia virtual de contos que terá leitura dos textos, e estamos agora trabalhando no conceito de um espetáculo cuja linguagem está focada no uso dos suportes para acessibilidade", explica Vitor Jatobá.

Entre as estreias da semana, as que oferecem mais acessibilidade são:

"Fios mágicos",

no Teatro Municipal Carlos Werneck (acesso a cadeirantes)

"Antes que o galo cante",

no Sesc – Nova iguaçu (acesso a cadeirantes)

"Como nascem as estrelas",

no Arena Jovelina Pérola Negra (acesso a cadeirantes)

"Um, Dois, Feijão com Arroz"

no Teatro Vannucci (acesso a cadeirantes)

O Teatro Carlos Gomes é dos poucos espaços que oferece sempre intérprete em libras e audiodescrição. A próxima peça é "João e Maria na casa da Bruxa", que estreia no dia 12 de Abril. Aguarde mais informações no Rio Show.

Não quer teatro? Tem ainda Cinema e Museu:

Sessão Infantil

– "Detona Ralph", no CCBB (acesso a cadeirantes)

Planetário da Gávea.

Com marcação, é possível participar de sessões de cúpula para deficientes auditivos. O Planetário também tem acesso a cadeirantes.

CCBB.

O museu tem no sistema educativo o programa de Estação Sensorial e Necessidades Especiais.

Apenas com marcação.

Fonte: Rio Show

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma