Cerimônia de encerramento da copa com audiodescrição

A webRádio Mundo Cegal vai transmitir a cerimônia de encerramento da copa do mundo da Fifa de 2014 com audiodescrição no dia 13 de julho. A iniciativa será possível graças à colaboração de Liliana Tavares e sua equipe, a também audiodescritora Silvia Farias e o consultor em audiodescrição Milton Carvalho, todos do Recife. Eles farão a audiodescrição voluntariamente.

Ancine oferece curso de formação de audiodescritor e legendista

A Agência Nacional do Cinema – ANCINE está mobilizando esforços junto aos Ministérios da Educação e da Cultura, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), para oferecer cursos de capacitação para profissionais do setor audiovisual. Os cursos serão gratuitos e os beneficiários dos cursos receberão auxílio alimentação e transporte e, ao final, um certificado. Para que os cursos sejam abertos, a Ancine buscará avaliar a demanda por estado.

Audiodescrição como área de atuação do tradutor

Trabalhando há mais de doze anos na formação de profissionais de Letras e Tradução, em cursos de graduação, extensão, atualização e especialização, fui chamada há três anos a trabalhar na recém-criada disciplina de Teoria e Prática de Audiodescrição para alunos do curso de Especialização em Tradução da Universidade Nove de Julho (UNINOVE), na cidade de São Paulo. Após um levantamento da literatura existente, da montagem do cronograma de aulas e da definição do trabalho prático final que os alunos deveriam fazer para serem “aprovados” na disciplina, iniciaram-se as aulas e as diversas turmas se sucederam, com grandes desafios e inúmeras descobertas, provando que o profissional com formação em Tradução está perfeitamente habilitado a realizar trabalhos de audiodescrição com qualidade, fidelidade e precisão.

Serviço de audiodescrição emociona torcedores cegos em jogos da copa

Uma Copa do Mundo é feita de vários ingredientes. Dentro de campo, a emoção se faz com dribles, defesas, passes e, principalmente, gols. Fora do gramado, há um espetáculo de cores e sons composto por camisas das seleções, rostos e unhas pintados, cornetas, celulares registrando tudo e um clima de alegria que só quem vai a um estádio em um Mundial consegue entender.

Torcedores cegos acompanharam jogos da copa com audiodescrição

Eles não podem ver as imagens bem definidas dos jogadores em campo, mas fizeram uma viagem de mais de dez horas para acompanhar a Copa do Mundo. Quatro torcedores belgas cegos desembarcaram no Brasil para ir aos jogos do time de seu país, com apoio da organização não governamental Acesso a todos os Serviços (em tradução livre). Para concretizar o sonho, vieram com três acompanhantes e um narrador especializado.

Protagonismo da pessoa com deficiência visual em busca da audiodescrição

Nos últimos meses me dediquei exclusivamente aos cursos de formação de professores, tendo atuado, simultaneamente, em três municípios no interior de São Paulo: Caraguatatuba, Tremembé e Cruzeiro. Apesar de ministrar cursos de Braille para professores desde 2006, esses três, em especial, tiveram algo de diferente e de muito inovador. Foi a primeira vez que, em uma formação presencial, adotei a disciplina de audiodescrição (AD), dedicando um dos nossos encontros para apresentar esse recurso aos cursistas videntes. Pretendo registrar aqui o motivo pelo qual passei a investir muito na divulgação da AD entre os profissionais da educação e o público em geral.

Riofilme: 200 mil para acessibilidade em cinemas digitais

A RioFilme lançou nesta quarta, 4, o programa "Cinema Acessível RioFilme", que financiará a implementação de tecnologias de acessibilidade em salas de cinema digitais do Rio de Janeiro. A iniciativa promove a ampliação do acesso ao cinema com o subsídio para que empresas de exibição instalem ferramentas de audiodescrição e de legenda oculta em dez diferentes complexos do município.

O audiodescritor, suas faces e apetrechos

A produção sobre a audiodescrição, aqui no Brasil, cresce significativamente: são dissertações, teses, livros e artigos que são disseminados em sites, blogs, publicações e revistas em formato digital ou impresso. Mas… e a figura que dá vida a esta técnica? Ou será que é uma arte? Muitos a definem como tecnologia assistiva, recurso ou mesmo ferramenta de acessibilidade. Seja qual for o nome, continua a pergunta: quem é o audiodescritor? O que ele faz, mesmo, de verdade? E como faz?