Lei Brasileira da Inclusão

A deputada federal Mara Gabrilli falou para o Plantão da Organização Nacional de Cegos do Brasil sobre a tramitação e benefícios que a "Lei Brasileira da Inclusão" trará para as pessoas com deficiência. Entre eles, vai respaldar juridicamente punições para quem descumprir direitos já conquistados que, por falta dessa regulamentação, dificilmente são respeitados. Um deles: "audiodescrição"

O Som das Cores: na Caixa Cultural

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, entre os dias 24 e 27 de julho, o espetáculo de animação O Som das Cores, da Companhia Catibrum, que narra, de forma fantasiosa e imaginativa, as aventuras e desventuras de Lúcia, uma menina de 15 anos, que perde a visão subitamente e, pensando que seu cachorro havia fugido com seus olhos, sai à procura deles pelos subterrâneos das estações de metrô. Para permitir que pessoas com deficiência visual possam assistir ao espetáculo, será utilizada uma aparelhagem de audiodescrição em todas as apresentações feitas em Fortaleza. Cinquenta aparelhos de escuta estarão ligados a uma cabine à prova de som, onde um profissional fará a descrição das informações visuais – ou seja, do que não é dito nos diálogos do espetáculo.

Baú das Artes: livros do projeto são acessíveis

A Editora Evoluir lançou recentemente o projeto Baú das Artes – Edição 2014, que distribui materiais paradidáticos para escolas municipais de Ensino Fundamental (EMEF). Entre eles, estão 20 livros que foram adaptados com o recurso acessível de audiodescrição. Diferencial que beneficia, especialmente, crianças com deficiência visual, baixa visão e até mesmo deficiência intelectual.

Web Rádio Mundo Cegal transmite o Festival de Dança de Joinville com audiodescrição

A Web Rádio Mundo Cegal vai transmitir ao vivo, no dia 28/07, segunda-feira, à partir das 20h, à noite de gala do Festival de Dança de Joinville com audiodescrição. O festival é o maior do mundo na categoria e neste ano, pela primeira vez, tra´rá o recurso de audiodescrição, oportunizando ainda mais acessibilidade aos expectadores com deficiência visual.

Lili Uma História de Circo traz a magia da lona para os palcos, com audiodescrição

O projeto Teatro Acessível, uma realização do Oi Futuro, promove no domingo, dia 20 de julho, sessão com acessibilidade do espetáculo infantil Lili, uma história de circo, no Oi Futuro Ipanema, com recursos de audiodescrição para pessoas com deficiência visual e intérprete de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) e tela com legendas para deficientes auditivos. O projeto, realizado pela Lavoro Produções, acontece uma vez por mês, durante todo o ano nos teatros Oi Futuro Ipanema, Flamengo e Belo Horizonte.

Telespectadores da TV Rio Sul já têm acesso a audiodescrição

O RJTV 1ª Edição desta quinta (17) mostrou aos moradores de nove cidades da região (Valença, Vassouras, Três Rios, Resende, Barra Mansa, Volta Redonda, Angra dos Reis, Paraty e Barra do Piraí com 70% da nossa área de cobertura), que possuem o sinal em HDTV da TV Rio Sul, já podem contar com o recurso da audiodescrição.

Trabalho de quem empresta os olhos aos cegos

O trabalho com audiodescrição começou em Pará de Minas, graças ao idealismo de um jovem, no ano de 2008. Hoje o trabalho cresceu e conta com uma sólida equipe além de muitas atividades. Rodrigo Campos Alves – 37 anos, é funcionário público e reside em Pará de Minas. Confessa que ficou muito incomodado quando, em 2008, fez um curso de tradução na UFMG. Pensou, então, numa forma de traduzir filmes em áudio para os portadores de deficiência visual.

Conversores digitais acessíveis: condição para o apagão analógico

Uma portaria do Ministério das Comunicações estabelece condições e detalha como será feito o desligamento do sinal analógico de televisão no Brasil. A migração do sistema analógico para o digital começa em 2016 e vai até 2018. O documento, publicado hoje no Diário Oficial da União, traz a relação de municípios e a data do desligamento.

Empresa apresenta software de audiodescrição na Grécia

A Polaris Soluções Web, empresa incubada na Inbatec/UFLA, apresentou o software de audiodescrição de imagens AudioImagem na 16a Conferência Internacional em Interação Humano-Computador, realizada na Grécia, de 22 a 27 de junho. A empresa foi representada pelo seu sócio-proprietário e professor da UFLA, José Monserrat Neto, que apresentou o artigo “Avaliação de Usabilidade de um Sistema Web para Audiodescrição de Imagens Espacialmente Orientada Direcionado para Usuários com Deficiência Visual”. Na ocasião, Monserrat explicitou  o contexto educacional, social e tecnológico do software, detalhando suas características e o seu diferencial: trata-se de um sistema web independente de plataforma no qual o usuário com deficiência visual pode interagir com as imagens e “ouvi-las”, usando mouse, tablet para desenho, tablet de uso geral ou monitor com tela touch-screen.