Seleção pública para projetos teatrais com acessibilidade

Maior seleção pública específica para circulação de peças teatrais no país, o Programa Petrobras Distribuidora de Cultura (PPDC) abre nesta quarta-feira (05/11) as inscrições para a sua quarta edição. O objetivo é contemplar projetos teatrais profissionais, não inéditos, nas categorias adulto e infanto-juvenil, relevantes dentro do cenário cultural brasileiro. O investimento é de R$ 15 milhões para 2015 e 2016. O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura é uma parceria com o Ministério da Cultura desde a sua primeira edição. Para seleção dos projetos, será feita uma análise técnica que leva em conta itens como a relevância da iniciativa e o currículo dos profissionais, conforme regulamento já disponível em www.br.com.br/cultura. Nesta edição, o programa conta com duas novidades: serão realizados, em todas as cidades da circulação, encontros com grupos de teatro locais para compartilhar experiências e os projetos deverão oferecer, em todas as apresentações, tradução para libras – a linguagem brasileira de sinais – e/ou audiodescrição. "O objetivo dessas novidades é fortalecer o intercâmbio cultural e ampliar o acesso de públicos diversos. Acreditamos que, sendo a cultura nossa identidade, deve ser acessível a todos", diz a gerente de Patrocínio da Petrobras Distribuidora, Alena Aló. Para democratizar o acesso de proponentes de todo país, o programa manterá uma ação iniciada em sua edição anterior: serão selecionados, no mínimo, 5% dos projetos inscritos por diferentes pessoas jurídicas em cada região. A iniciativa trouxe resultados como o aumento de 70% no número de projetos inscritos no Nordeste. As inscrições podem ser feitas até 30/01/2015, exclusivamente por meio do site. Os projetos não precisam estar previamente inscritos na Lei Federal de Incentivo à Cultura. As peças deverão circular de setembro de 2015 a novembro de 2016. Histórico – Desde 2009, o Programa Petrobras Distribuidora de Cultura viabilizou a circulação de 160 peças teatrais em mais de 130 municípios de todos os estados brasileiros. Foram cerca de duas mil apresentações, atingindo público superior a 500 mil pessoas. Fonte: Petrobras

Mais sobre audiodescrição
Cerca de 60 pessoas acompanharam a exibição do filme ‘Colegas’ na tarde de quarta-feira (7),
Meu nome é Estefany, moro em Belém, tenho 10 anos, sou cega e adorei ir
O portal Mundo Cegal e a Organização Nacional de Cegos do Brasil - ONCB, convidam


Mais sobre audiodescrição
Cerca de 60 pessoas acompanharam a exibição do filme ‘Colegas’ na tarde de quarta-feira (7),
Meu nome é Estefany, moro em Belém, tenho 10 anos, sou cega e adorei ir
O portal Mundo Cegal e a Organização Nacional de Cegos do Brasil - ONCB, convidam