Workshop de Audiodescrição para Teatro no Centro Cultural CEEE – Erico Verissimo

O Centro Cultural CEEE Erico Verissimo em parceria com o Grupo de Pesquisa de Linguagem Cênica Acessível, constituído em setembro de 2014 pela Las Brujas Cia de Teatro e feitiços e pelas audiodescritoras da OVNI Acessibilidade Universal, irá realizar um Workshop de Audiodescrição para Teatro no dia 30 de Abril, às 14h, na Sala Noé de Mello Freitas do CCCEV, com entrada franca. O evento marca o início do segundo ano da pesquisa do Grupo.

Zagga pretende ser o Netflix para cegos

Quando tinha 19 anos, Kevin Shaw perdeu a visão e se frustrou ao navegar nos menus silenciosos de DVD e também por não encontrar nenhum vídeo online com audiodescrição. Cansado dessa situação, ele resolveu criar a Zagga Entertainment e quer criar um site e um aplicativo que dará acesso a filmes e programas de TV com audiodescrição a partir de uma taxa mensal. Será uma espécie de Netflix para deficientes visuais.

Plataforma Crítico reúne mais de 300 especialistas em materiais digitais acessíveis, produtos táteis e transcrição, Libras e audiodescrição

Acessibilidade é boa para todos e, por ser interdisciplinar, deveria fazer parte de todos os cursos universitários, para que os profissionais compreendam totalmente o universo das pessoas com deficiência. A avaliação é feita pela professora Mary Grace Pereira Andrioli, idealizadora da plataforma Critco, criada para tornar qualquer conteúdo acessível.

Closed caption passa para 20 horas diárias a partir da próxima semana

As emissoras de televisão passarão a transmitir mais quatro horas por dia de programação com legenda oculta -closed caption. A determinação, prevista na portaria MC 310/2006, começa a valer na próxima terça-feira (28). As emissoras, que atualmente veiculam 16 horas diárias de legenda oculta, passarão a veicular 20 horas por dia do recurso.

Audiodescrição do filme A Mulher Invisível – Uma Proposta de Tradução a Luz da Estética Cinematográfica e da Semiótica

As transformações da sociedade brasileira, especialmente nas últimas décadas, vêm consolidando a centralidade da discussão da inclusão de grupos sociais historicamente marginalizados. Desse amplo processo faz parte o crescente desenvolvimento da acessibilidade e seus mecanismos, como esforço para integrar uma parcela importante da população: as pessoas com deficiência.

Revisão cognitiva e consultoria em audiodescrição

Viabilizar o desenvolvimento e a produção de recursos inclusivos, na Comunicação de Acessibilidade, para permitir o acesso ao conteúdo exibido pelos meios de comunicação e de cultura, nas suas mais diferentes manifestações, às pessoas com deficiência visual, auditiva e intelectual, tem sido um trabalho cada vez mais recorrente no mercado brasileiro. Agências, produtoras e empresas dos mais diferentes segmentos têm buscado esses recursos para ampliar a efetividade das suas marcas, produtos e serviços a um público ávido por informações assertivas. Entretanto, os recursos inclusivos não só exigem especialização e conhecimento por parte dos seus desenvolvedores, como também precisam ser avaliados quanto à eficiência e qualidade. Porque tão importante quanto viabilizá-los, é apresentar um conteúdo que comunique com riqueza de informações e detalhes, permitindo a desejada autonomia. Neste sentido, entendemos como essencial a revisão cognitiva para garantir a acessibilidade com qualidade.

Acessibilidade visual e auditiva em salas de cinema: consulta pública da Ancine

A consulta pública da Notícia Regulatória e do Relatório de Análise de Impacto sobre acessibilidade visual e auditiva em salas de cinema contribui para o alcance da meta 29 do PNC. Objetivo é implementar recursos de legendagem descritiva, LIBRAS e audiodescrição nos cinemas. Interessados podem contribuir até 08 de julho.

Festival VerOuvindo

Entre os dias 8 e 12 de abril será realizado, na capital pernambucana, o festival VerOuvindo – 2° Festival com Audiodescrição do Recife, que reunirá filmes editados com audiodescrição e com tradução em libras. As sessões serão gratuitas e acontecerão no Cinema São Luiz do Museu Cais do Sertão, na Avenida Alfredo Lisboa, s/n°.