Prepare-se, vem aí a 7ª edição do Festival Assim Vivemos

A cada ano que realizamos o Assim Vivemos, nos surpreendemos com a impressão de que existe uma grande sintonia mundial, pois recebemos levas de filmes sobre um mesmo tema, produzidos nos mais distantes lugares, sem que um saiba da existência do outro.

Liliana Tavares ministra Curso de Audiodescrição para Tteatro

Pessoas interessadas em acessibilidade no teatro podem ter acesso a informações sobre o tema em um curso ministrado pela audiodescritora Liliana Tavares, a partir de agosto, no Teatro Joaquim Cardozo. O prazo para se inscrever no Curso Introdução à Acessibilidade Comunicacional Para o Teatro termina na próxima sexta-feira (31/7).

VouVer promove o II Encontro de Acessibilidade de Pernambuco

Evento promovido pela VouVer Acessibilidade marca o dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência e reunirá profissionais  de destaque  para uma semana repleta de atividades no Recife Um encontro para vivenciar, discutir, experimentar e refletir sobre a aplicabilidade dos recursos de acessibilidade comunicacional; um encontro entre o espectador, o objeto artístico, os artistas, os produtores, os educadores, os seres humanos e a vontade de se ter uma sociedade mais inclusiva.

Audiodescritor: carreira em ascensão, mesmo em época de crise

Os ponteiros do relógio têm ritmo próprio, dependendo de quem consulte as horas. Para aqueles que foram diretamente afetados pela crise econômica e o desemprego — que atingiu 6,9% em junho, a maior taxa dos últimos cinco anos segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) —, as horas andaram para trás. No entanto, para quem resolveu apostar em determinados mercados novos, em que há mais demanda do que oferta de profissionais, a marcha dos ponteiros continua à frente.

Festival de Dança de Joinville

Dentro ou fora do palco, o Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado pela tradição, pelo profissionalismo e pela pluralidade dos participantes. Concorrer na Mostra Competitiva, apresentar-se na Meia Ponta ou Palcos Abertos nas praças, bairros, shoppings e fábricas ou com um foco voltado a atividade didática. O Festival engloba a realização de cursos e oficinas com fins de aperfeiçoamento profissional, workshops gratuitos para os coreógrafos inscritos no evento, seminários de dança, projetos comunitários, palestras, debates, promoção da acessibilidade para pessoas com deficiência, entre outras ações.

Teatro acessível para todas as crianças

Meu nome é Estefany, moro em Belém, tenho 10 anos, sou cega e adorei ir ao teatro. Eu não enxergo, mas acompanhei o espetáculo do começo ao fim. Foi uma das coisas mais legais que já fiz. A oportunidade para crianças com deficiência irem ao teatro é rara no Brasil. Por isso, junto com a minha mãe, criei este abaixo-assinado para que os senadores aprovem o Dia Nacional do Teatro Acessível e, assim, todas as crianças possam ir e, sempre que quiserem, participarem das peças de teatro.

Libras na TV: transmissão deve iniciar em 2020

O Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital (Fórum SBTVD) aprovou nesta semana, durante reunião do conselho deliberativo, a proposta de normas brasileiras para a transmissão de informações com a Língua Brasileira de Sinais (Libras) nos programas veiculados pelas emissoras de televisão. A proposta já foi encaminhada à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), onde fica à disposição de consulta pública por 60 dias e, dali, segue para publicação.

Audiodescrição chega a plataforma Vimeo On Demand

O premiado longa-metragem pernambucano Ventos de Agosto, de Gabriel Mascaro, chega à plataforma Vimeo On Demand em três versões diferentes. Além da versão que foi exibida nos festivais brasileiros e internacionais, e nos cinemas, o filme pode ser visto e ouvido com audiodescrição e em Libras. O aluguel das duas versões custa US$ 1. Para comprar, o valor é US$ 3, o mesmo valor da versão sem audiodescrição ou Libras.

Mercado cultural acessível está em franca expansão

Aos poucos, a audiodescrição começa a ganhar espaço. Apesar de um número ainda baixo de produtos com o recurso, Porto Alegre é um dos polos nacionais que mais aposta na área, junto com São Paulo e Recife. O cinema tornou-se a área que mais investe no recurso. No ano passado, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) determinou que todos os filmes e demais produções audiovisuais aprovadas desde 18 de dezembro de 2014 e financiados com recursos públicos incluam legenda descritiva, audiodescrição e Língua Brasileira de Sinais (Libras).