Mulheres no Poder: com audiodescrição pelo MovieReading

Apostando no riso como uma forma de manifestar indignação, a comédia Mulheres no Poder, longa-metragem escrito e dirigido por Gustavo Acioli, narra uma manobra montada pela senadora Maria Pilar (Dira Paes) e pela ministra Ivone Feitosa (Stella Miranda) para fraudar uma concorrência pública. O lobby das duas políticas começa a enfrentar dificuldades quando as assessoras de ambas autoridades decidem montar um esquema próprio, alheio às intenções de suas empregadoras. Maria Pilar é uma jovem e carismática senadora, reverenciada em sua terra natal. Em meio à vida palaciana de Brasília, ela articula seus esquemas com charme e bom humor. Características muito diferentes das que compõem a personalidade da ministra Ivone Feitosa. Mais experiente e habituada com os traquejos da política, Ivone delega muitas responsabilidades à sua assessora. É a partir da tramoia elaborada por Ivone e Pilar para burlar a licitação do projeto "Brasil Brasileira" que os meandros da corrupção começam a ser revelados de maneira divertida pelo longa.

Mulheres no Poder - cartaz do filme

Mulheres no Poder: Acessibilidade

Estreia dia 25 de agosto, próxima terça-feira, em Brasília. No mesmo dia, as 21h, pessoas com todos os tipos de deficiência estão convidados a participar da sessão de pré-estreia que acontecerá em duas salas do shopping Iguatemi Brasília. Os interessados em participar da pré-estreia devem solicitar convite pelo e-mail lavoroprod@hotmail.com. O filme Mulheres no Poder terá os recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual e auditiva transmitidos pelo aplicativo , chegado recentemente ao Brasil. É preciso fazer o download do aplicativo (gratuito) no celular, e depois baixar os arquivos dos recursos gratuitamente. Estarão disponíveis a audiodescrição, a interpretação em LIBRAS e as legendas para surdos e ensurdecidos (LSE). É necessário um celular com fones de ouvido e microfone, pois é pelo microfone que o aplicativo consegue sincronizar o arquivo com o som do filme em exibição. Isso poderá ser experimentado em todas as salas de cinema onde o filme estiver em cartaz. A Lavoro Produções, produtora do filme, é a empresa pioneira na aplicação de acessibilidade no cinema no Brasil.

Mulheres no Poder: Apresentação

O longa Mulheres no Poder, que teve um orçamento de R$ 1,5 milhão, conta com um elenco predominantemente feminino – incluindo ainda Totia Meireles, Susana Ribeiro, Gabrielle Lopez, Milena Contrucci Jamel e Elisa Lucinda. Além disso, o filme se utiliza da afinidade entre Dira Paes, Lara Pozzobon, produtora do filme, e o diretor Gustavo Acioli. Os três participaram de “Incuráveis” (2005), drama intimista, vencedor do Prêmio de Melhor Atriz (Dira Paes) no Festival de Cinema Brasileiro de Paris e do Prêmio de Melhor Ator (Fernando Eiras) no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Outro facilitador foi o tema político, também muito presente na vida do diretor. "Desde pelo menos os meus dez anos de idade eu acompanho a política. Era uma obsessão. Sempre participei das discussões de política, sempre pensei a realidade brasileira. Esse é o assunto da minha vida. Consegui trazer toda essa bagagem para o filme. Por isso, os diálogos foram fluindo", conta Acioli.

Mulheres no Poder: Roteiro e Direção

Em meados de 2009, a personagem vivida por Dira Paes começou a ser construída por Gustavo Acioli. "O roteiro surgiu a partir do argumento de um amigo sobre um homem que dava carona para algumas mulheres para uma festa. Entre elas, estava uma senadora. Isso despertou a minha ideia, embora a história original não tenha a ver com o Mulheres no Poder", conta o roteirista.

A produtora Lara Pozzobon, que acompanhou o projeto do longa desde o princípio, ainda guarda na memória o momento político que envolvia o processo de elaboração do roteiro. "Era um período pré-eleitoral, em 2009, no qual três mulheres estavam cotadas para concorrer à presidência: Dilma Rousseff, Marina Silva e Heloísa Helena. Quase todo o roteiro foi escrito de uma só vez, foi impressionante", recorda Lara.

Mulheres no Poder: Elenco

Dira Paes (Senadora Maria Pilar), Stella Miranda (Ministra Ivone Feitosa), Milena Contrucci Jamel (Madalena), Gabrielle Lopez (Laila), João Velho (George), Paulo Tiefenthaler (Stefan), Susana Ribeiro (Virgínia Baby), Roberto Maia (Alberto Baby),

Mulheres no Poder: Participações Especiais

Totia Meireles, Rogéria, Chica Xavier, Elisa Lucinda, Graciela Pozzobon e Camilo Bevilacqua.

Mulheres no Poder: Trailer oficial

Mulheres no Poder: Ficha Técnica

Escrito e Dirigido por Gustavo Acioli
Produção: Lavoro Produções
Produtora: Lara Pozzobon
Produção Executiva: Lara Pozzobon Luiz Alberto Gentile
Direção de Fotografia: Pablo Baião e Pablo Hoffmann
Direção de Arte: Elsa Romero e Júlia Pina
Figurino: João De Freitas Henriques
Maquiagem: Evelyn Barbieri
Montagem: Luiz Guimarães De Castro
Desenho de Som e Mixagem: Ricardo Cutz
Som Direto: Rodrigo Maia
Trilha Sonora: Lucas Marcier e Fabiano Krieger
Direção de Produção: Ciça Bertoche
Produção Brasília: Cor Filmes
Pós-Produção de Imagem: Afinal Filmes
Abertura e Créditos Finais: Bruno Ribeiro
Coprodução: Afinal Filmes e Canal Brasil
Distribuição: Downtown Filmes e Paris Filmes
Patrocínio: Petrobrás, Klabin, Inagro, Barudan e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Mulheres no Poder: Descrição do cartaz

Descrição do cartaz: foto de pernas femininas vistas de costas em primeiro plano, ao fundo vê-se o prédio do Congresso Nacional.

Fonte: Lavoro Produções

Mais sobre audiodescrição
Esplendor" (ou "Hikari", no original) é uma lufada de delicadeza numa safra de filmes pesados.
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme


Mais sobre audiodescrição
Esplendor" (ou "Hikari", no original) é uma lufada de delicadeza numa safra de filmes pesados.
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme