Camarote da Acessibilidade no carnaval 2016

O Camarote da Acessibilidade já se tornou tradição no carnaval de Pernambuco, e não será diferente este ano. A folia acessível está garantida no Galo da Madrugada Recife e durante os carnavais de Olinda, Bezerros e Salgueiro.

O projeto do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SEDSCJ), através da SEAD, já atua em Pernambuco há cinco anos nas festas do carnaval, na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, no São João, no Festival de Inverno de Garanhuns e no Desfile Sete de Setembro. O camarote da acessibilidade é uma ação afirmativa de direitos, garantindo ao segmento acesso à cultura e ao lazer, conforme orienta a Política Estadual da Pessoa com Deficiência, Lei nº 14.789/2012.

Camarote da Acessibilidade Recife

Camarote da Acessibilidade: Recife

Se diversão é um direito de todos, sem exceção, então que a amplitude deste conceito se estenda ao Carnaval. Em sintonia com esta realidade, a Prefeitura do Recife, por intermédio da Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, fomenta há cinco anos o Camarote da Acessibilidade, que estará instalado na Praça Sérgio Loreto. A ação é feita em parceria com o governo do Estado.

De acordo com a secretária Amparo Araújo, os serviços oferecidos pela Prefeitura do Recife podem ser considerados satisfatórios e atendem aos anseios das pessoas com deficiência. "Com certeza, teremos um carnaval com acessibilidade para quem vem brincar nos camarotes e com atendimento à pessoa com deficiência", atestou.

Dois pedagogos serão os responsáveis pela atividade de audiodescrição. O trabalho consiste em transmitir para pessoas com deficiência visual o que está acontecendo durante o desfile do Galo da Madrugada. O objetivo da ação é transmitir do geral para o específico, ou seja, como estão os grupos, trios, carros alegóricos, bonecos gigantes e assim em diante.

O Camarote da Acessibilidade do Galo da Madrugada deste ano terá capacidade para atender a 400 pessoas. A Ouvidoria da SDSCJ/Sead não ficará responsável pelas inscrições dos moradores do Recife. Apenas residentes de outras cidades devem entrar em contato com este setor. Os moradores da capital pernambucana interessados devem entrar em contato com a Divisão da Pessoa com Deficiência da Prefeitura do Recife.

Todas as pessoas com deficiência têm direito a um acompanhante. Entretanto, como o objetivo é atender ao maior número de pessoas possível, a Sead solicita aos foliões que possam, abram mão do seu acompanhante, pois isso possibilitará a participação de mais pessoas com deficiência.

Os inscritos com dificuldade de locomoção podem contar com apoio da Sead no traslado, da Praça do Derby até a estrutura do camarote da acessibilidade, tanto para chegar e sair. Vans adaptadas do Programa Pernambuco Conduz (PE Conduz) farão o deslocamento. Uma equipe especializada dará apoio durante toda a folia. Este ano o Camarote da Acessibilidade do Galo da Madrugada ficará em um novo endereço, localizado na Praça Sérgio Loreto.

Camarote da Acessibilidade Olinda

Camarote da Acessibilidade: Olinda

Um espaço democrático onde a pessoa com deficiência ou idosos com mobilidade reduzida podem brincar o carnaval de Olinda de forma saudável e segura. Esse é o Camarote da Acessibilidade, sucesso nos carnavais anteriores. Só para se ter uma ideia, em 2015, 500 pessoas – entre pessoas com deficiência e idosos com mobilidade reduzida – foram atendidas durante a folia.

O processo de inscrições para o Camarote da Acessibilidade de Olinda será o mesmo. Apenas residentes de outros municípios devem procurar a Sead para realizar suas inscrições. O espaço funcionará durante os quatro dias de Carnaval. O PE Conduz dará apoio no domingo e na segunda-feira para as pessoas com deficiência física se deslocarem da Praça do Derby até a estrutura.

Os moradores de Olinda devem entrar em contato com a Secretaria Executiva da Mulher e Direitos Humanos da cidade para efetuar as inscrições. Com capacidade para 150 pessoas por dia, as pessoas com deficiência que forem curtir a folia olindense poderão também se inscrever na hora. O Camarote da Acessibilidade estará localizado na Praça do Carmo, próximo à Creperia.

Camarote da Acessibilidade Bezerros

Camarote da Acessibilidade: Bezerros

O espaço é simples. Cerca de 20 metros quadrados, sem as mordomias das conhecidas áreas VIPs. Mas há rampas, banheiros adaptados e o apoio de funcionários da prefeitura. O principal camarote do Carnaval de Bezerros, festa mais conhecida do interior de Pernambuco, tem como diferencial a acessibilidade. Desde a primeira entrada no espaço, montado junto de um casarão antigo da cidade, todo acesso é feito por meio de rampas. Fundamentais em um município conhecido pelas ladeiras e calçadas estreitas, pouco amigável a cadeirantes. Conhecido pelo concurso de fantasias e pela animação dos foliões, o Carnaval de Bezerros chega a receber mais de 300 mil pessoas durante a festa. Cinco vezes a população da pacata cidade do agreste, a 102 quilômetros do Recife.

"Eles não são deficientes. Deficientes somos nós que não os enxergamos", diz o prefeito da cidade, Severino Otávio, que neste domingo recebeu no camarote da acessibilidade a visita do governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

"Ele já foi considerado camarote modelo, já até ganhou prêmio", conta ao UOL o secretário de turismo de Bezerros, Breno Borba, que estima um total de cem pessoas, entre cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção, circulando por dia no local.

O Camarote da Acessibilidade do Carnaval de Bezerros funcionará no domingo, segunda e terça-feira e terá capacidade diária de 100 pessoas. Os interessados em participar podem se inscrever entrando em contato com o próprio município, através da Superintendência de Assuntos Relativos à Pessoa com Deficiência da prefeitura da cidade.

Camarote da Acessibilidade Salgueiro

Camarote da Acessibilidade: Salgueiro

Para a se inscrever é necessário que a pessoa com deficiência tenha idade superior a 5 anos. Os menores de 18 anos só poderão entrar no espaço se estiverem acompanhados de um responsável, que também pode ter deficiência, desde que esta informação conste na ficha de inscrição. Já para as PCDs maiores de idade, a presença do acompanhante é opcional. A apresentação de um documento de identificação com foto é obrigatório durante os dias de Carnaval.

Estão disponíveis 50 vagas para o Camarote da Acessibilidade por noite, incluindo os acompanhantes. De acordo com o edital, será fornecido um transporte para os integrantes que passará próximo às residências e irá até o Polo Bomba, onde será montado o espaço. O camarote deve possuir um mapa tátil, rampa e corrimão de acesso, banheiros químicos adaptados e sinalização e programação em braile. Além disso, dois intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) estarão presentes por noite de festa e apoio de uma unidade móvel de saúde.

Os interessados podem se inscrever pessoalmente na Secretaria de Desenvolvimento Social, no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ou nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. A inscrição também pode ser feita pela internet, com o preenchimento do formulário disponível no site da prefeitura e envio para o e-mail: acaosocial@salgueiro.pe.gov.br.

Veja também:

Fonte: Blog da Audiodescrição

Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,


Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,