Emoticons agora têm audiodescrição para deficientes visuais

Para pessoas com deficiência que precisam de softwares de acessibilidade como auxílio no uso de computadores, a audiodescrição ‘Emoticon Coração, Emoticon Coração, Emoticon Coração’ ou ‘Emoticon Olho Piscando com a Língua para Fora, Emoticon Olho Piscando com a Língua para Fora, Emoticon Olho Piscando com a Língua para Fora’ chega a ser irritante, principalmente quando usado muitas vezes em sequência e, desta forma, repetido em áudio na mesma quantidade, como demonstrado na imagem abaixo.

Participantes do Encontro Mundo Cegal terão audiodescrição em todos os passeios

O Mundo Cegal é um projeto que existe desde 2009, trazendo informação, entretenimento e muita interação entre seus usuários. Surge, então, a necessidade de romper as barreiras virtuais na materialização de um maravilhoso encontro, com passeios, programas culturais, confraternização e, claro, tudo isso com toda a acessibilidade necessária. A localização escolhida para o 1º Encontro Mundo Cegal é a cidade do Recife, a Veneza brasileira! de 21 a 24 de abril de 2016! E mais um diferencial exclusivo do 1º Encontro Mundo Cegal: guias turísticos e audiodescritores profissionais nos acompanharão em todos os passeios.

Audiodescrição: Práticas e Reflexões

O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o estado da arte da audiodescrição (AD) no Brasil. “Audiodescrição: práticas e reflexões” reúne trabalhos e discussões de pesquisadores e profissionais da área. A coletânea mostra a importância da AD em nossa sociedade e como ela vem sendo trabalhada no país.

Foliões cegos comentam audiodescrição na Sapucaí 2016

Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de 50 foliões cegos ouviram as chamadas audiodescrições de quatro atores, atentos a cada passo de todas as escolas, alternando-se sempre de dois em dois em uma cabine diminuta quase dentro da avenida. Os foliões não pagaram ingresso, pois ficaram no Setor 13, em uma enorme frisa para 300 pessoas destinada pela secretaria municipal da Pessoa com Deficiência a quem possui necessidades especiais.

Oficina de audiodescrição no Pará: iniciativa do Projeto Comunicare

Coordenadores do Projeto Comunicare, Afonso Galindo e Aline Corrêa, falam sobre a ideia de promoverem uma oficina de audiodescrição no Pará, com o objetivo de capacitar as pessoas para promover formas de comunicação mais democráticas, que atendam principalmente as pessoas com deficiência. O principal objetivo é a inclusão social por meio do audiovisual.

Seminário Sobre Turismo Acessível para Cegos

A Tecnoblind, com o objetivo de incentivar a discussão sobre o assunto, promoverá, em 13/02/2016 (sábado), às 16h, o Seminário Sobre Turismo Acessível para Cegos, que pretende discutir assuntos relacionados a temática do turismo que permita a participação de pessoas cegas e com baixa visão em igualdade de condições com as demais pessoas.

Pedofilia: animações ensinam crianças a se defenderem

Visando contribuir com as ações de enfrentamento contra à pedofilia e violência sexual que ganham força no período de férias escolares e Carnaval, a Rede Marista de Solidariedade, por meio do Centro Marista de Defesa da Infância, lança uma nova edição da Campanha "Defenda-se". O projeto, que busca promover a autodefesa de crianças contra a pedofilia, o abuso e a exploração sexual, agora disponibiliza seus dez vídeos em libras e audiodescrição. Os vídeos ilustram situações cotidianas em que a criança pode se defender, agindo preventivamente, relatando a violência para alguém de confiança e fazendo a denúncia diretamente para os canais de denúncia existentes, como o Disque 100, que recebe e encaminha denúncias de violações de direitos humanos.

Kinoplex agora tem acessibilidade no CineCarioca Meier

A cidade do Rio de Janeiro acaba de ganhar um complexo de salas de cinema inteiramente acessível a pessoas com deficiência: o CineCarioca Meier. A partir de um acordo firmado entre o Kinoplex e o WhatsCine Brasil, o complexo foi todo equipado com tecnologia que permite transmitir recursos de acessibilidade a pessoas com deficiência por meio de smartphones e tablets. Na telona, o primeiro filme que será exibido com a novidade será Reza a Lenda, de Homero Olivetto, no dia 4 de fevereiro.

Ministério Público ajuíza para exigir acessibilidade na televisão

O Ministério Público Federal em São Paulo, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, ajuizou ação civil pública, com pedido liminar, em face de sete emissoras de televisão para que assegurem o direito à acessibilidade das pessoas com deficiência auditiva. As empresas deverão cumprir na íntegra o determinado pela legislação, que estabelece a implantação dos recursos de acessibilidade, inclusive legenda oculta, na programação televisiva veiculada no Brasil.