Exemplo de inclusão e solidariedade

Os alunos do 4° termo de Jornalismo proporcionaram uma atividade pra lá de especial para a colega de classe Isabela Rocha, na noite desta quarta-feira (23/11). A estudante, que é deficiente visual, teve a oportunidade de acompanhar a apresentação de 20 curtas-metragens produzidos pelos próprios alunos com a ajuda da audiodescrição.

Isabela

A audiodescrição permitiu que Isabela acompanhasse os trabalhos dos colegas de classe

Os trabalhos foram realizados para a disciplina de Telejornalismo I, da professora Thaisa Bacco, e tinham como tema o livro “Chatô: O rei do Brasil”. Para que Isabela acompanhasse a apresentação, a professora Thaisa convidou a coordenadora do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI), da Unoeste, Regina Liberati, que auxiliou na audiodescrição dos vídeos.

De acordo com Thaísa, a proposta inicial era que os alunos oferecessem o material final já com a audiodescrição, porém, por serem muitos grupos isso acabou não acontecendo. "Quando percebi que não seria possível fui atrás de alguém que realizasse essa atividade ao vivo. Tudo pensado para que ela pudesse participar da atividade como todos os outros alunos, com o apoio das palavras".

A aluna Isabela avaliou a sua experiência com esse trabalho de forma positiva, desde o momento em que produziram o roteiro até o resultado final. Ela conta que a audiodescrição ajudou na compreensão do que estava sendo passado. "Foi bem interessante, pois pude acompanhar alguns detalhes que sem essa ajuda eu não conseguiria". A jovem contou ainda que esta foi a primeira vez que passou por este tipo de experiência e que se sentiu bem ao ver a preocupação dos colegas.

Sobre o trabalho do NAI, Regina explica que tudo surgiu em 2013 com a proposta de criar dentro da instituição um núcleo que pudesse propor ações e melhorias para as pessoas com algum tipo de deficiência. Os funcionários da Unoeste passam por treinamentos para que consigam atender a todos da melhor forma possível. "Foi maravilhoso ver o nível dos trabalhos dos alunos, fiquei surpresa e foi muito bom estar com a Isabela e poder ajudá-la", finaliza.

Fonte: Portal FACOP.

Mais sobre audiodescrição
Jamais esquecerei opresente que ganhei do Papai Noel em 2016. Era 25 de dezembro, à
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Aplicativo de audiodescrição e tradução simultânea para espetáculos ao vivo e um sistema que dá


Mais sobre audiodescrição
Jamais esquecerei opresente que ganhei do Papai Noel em 2016. Era 25 de dezembro, à
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Aplicativo de audiodescrição e tradução simultânea para espetáculos ao vivo e um sistema que dá