Quando Papai Noel se Vestiu de Audiodescritor

Jamais esquecerei opresente que ganhei do Papai Noel em 2016. Era 25 de dezembro, à noite, e depois de me informar com os colegas de um grupo de cegos do qual participo no WhatsApp, pedi a minha irmã que encontrasse a opção de audiodescrição na nossa TV.

Mais sobre audiodescrição
A décima edição da Virada Cultural contará com audiodescrição para cegos em três apresentações do
São Paulo completa 460 anos amanhã e por toda a Cidade haverá atividades e celebrações.
Governo de Pernambuco proporciona a população acesso à eventos culturais e esportivos do Estado, especialmente

Encantos e Desencantos no Reino da Audiodescrição

Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou com o recurso de audiodescrição. O empreendimento a cargo do Instituto Sensorial deu asas ao “espírito livre” sob a égide de uma presumível inovação pela participação inusitada de uma pessoa cega na cabine como locutora em parceria com o audiodescritor. A novidade chamou a atenção do público, ganhou publicidade e provocou o posicionamento crítico dos profissionais que se distinguem pela expertise nesta área do conhecimento. Dentre estes profissionais, destacamos a nossa atuação como consultores em audiodescrição, atividade desenvolvida por pessoas com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) devidamente qualificadas para realizar a avaliação técnica da qualidade, eficácia, pertinência e funcionalidade do produto audiodescrito.

Mais sobre audiodescrição
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em

Universidade desenvolve aplicativos para pessoas com deficiência

Aplicativo de audiodescrição e tradução simultânea para espetáculos ao vivo e um sistema que dá autonomia a deficientes visuais em ambientes naturais, são tecnologias a serviço das pessoas com deficiência que estão em desenvolvimento na Universidade Carlos III de Madrid, em parceria com empresas do setor privado e instituições especializadas no atendimento de pessoas com deficiência visual ou auditiva.

Mais sobre audiodescrição
Criado para proporcionar acessibilidade e levar cultura a um maior número de pessoas, o aplicativo
Quem disse que arte e tecnologia não podem andar de mãos dadas? Para provar que
O terceiro dia da CinemaCon 2017 contou com a primeira palestra sobre acessibilidade em salas

Oficinas Acessibilidade nos Espaços de Cultura

Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços de cultura. Serão 5 encontros com a participação de diversos profissionais que abordarão as melhores formas para garantir o acesso aos espectadores com deficiência.

Mais sobre audiodescrição
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017

Fotografia Tátil: reprodução 3D para deficientes visuais

Permitir que deficientes visuais fotografem e depois “vejam” o resultado do trabalho é a proposta do projeto “Fotografia Tátil”, desenvolvido no Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU) da Universidade Federal do Ceará (UFC). A ideia é do professor Roberto Vieira, do curso de design, que criou obras de arte e as expôs com as fotografias produzidas pelos deficientes visuais.

Mais sobre audiodescrição
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por
A Associação Morungaba inaugura no dia 12 de setembro, às 18h, a exposição fotográfica Itinerante

Lei Rouanet e a acessibilidade

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) da Câmara Federal, aprovou, nesta quarta-fera, dia 29, o parecer do deputado Valadares Filho (PSB-SE) pela aprovação de Projeto de Lei que torna obrigatória a inserção de audiodescrição, legendagem e Libras nas obras cinematográficas de curta e média metragem financiadas por meio da Lei do PRONAC (Programa Nacional de Apoio à Cultura), a Lei Rouanet.

Mais sobre audiodescrição
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Em audiência na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos
As TVs por assinatura são obrigadas por lei a transmitir integralmente os canais abertos locais,