Postagens do assunto: Audiodescritores

Consultoria em audiodescrição

A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) devidamente qualificadas para este fim. A atuação destes profissionais é uma necessidade indispensável que deve ser incorporada por equipes e profissionais responsáveis pela produção da audiodescrição de filmes, programas televisivos, teatro, espetáculos, fotografias, ilustrações, exposições, dentre outros eventos.

Mais sobre audiodescrição
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se
A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político
Foi por acaso que a então estudante de jornalismo Mauana Simas, 27, começou a estagiar

Imagem Pela Palavra: artigo da audiodescritora Bell Machado

O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se refere à linguagem visual, ou seja, à imagem, o cinema constrói sua comunicação de duas formas: pelo conteúdo da imagem e pela forma pela qual captamos este conteúdo. O conteúdo é responsável pelo sentido lógico. A forma de registro são os planos e movimentos da câmera. Se a imagem no cinema constrói sua comunicação pela forma e conteúdo, a audiodescrição no cinema também deve seguir os pressupostos da linguagem da arte a que se propõe descrever, ou seja, uma audiodescrição que não se restrinja a descrever somente o conteúdo das imagens, mas que se estenda à maneira pela qual elas são registradas, sua linguagem. Daí o título deste artigo – Audiodescrição no Cinema: A Imagem Pela Palavra.

Mais sobre audiodescrição
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político
Foi por acaso que a então estudante de jornalismo Mauana Simas, 27, começou a estagiar

Audiodescritores em Ação

A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político em defesa da Audiodescrição como uma política pública. Com base nesse princípio, recentemente nos mobilizamos e promovemos dois importantes eventos que demonstram a disposição dos Audiodescritores em Ação.

Mais sobre audiodescrição
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Sou Flávia Machado, uma entusiasta da audiodescrição, quero te convidar para compartilhar com outras pessoas
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição

Nós Todos Filmes: uma empresa especializada em acessibilidade audiovisual

Foi por acaso que a então estudante de jornalismo Mauana Simas, 27, começou a estagiar no Programa Especial, exibido pela TV Brasil. Ao seu lado na equipe, havia uma repórter com síndrome de Down, uma apresentadora cadeirante, uma intérprete surda. A experiência mudou a forma como Mauana via a deficiência: "Este público geralmente é visto como menor, como se precisassem de ajuda, de cuidado. Mas, ali, eles eram meus colegas de trabalho. Se não fizessem bem a parte deles, iriam atrapalhar a minha e vice-versa. Era uma posição profissional muito de igual para igual", conta. Daí surgiu a ideia de criar a Nós Todos.

Mais sobre audiodescrição
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se
A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político

Audiodescritores divulgam carta aberta em defesa da audiodescrição

Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição

CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação do Estado de criar programas específicos para as pessoas com deficiência física, sensorial ou intelectual e facilitar seu acesso aos bens e serviços de uso coletivos;

Mais sobre audiodescrição
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em
Grande parte dos projetos culturais é realizada via leis de renúncia fiscal, ou seja, com

Audiodescrição no programa Educar para Ser Grande

A audiodescrição está entre as melhores formas de inclusão da pessoa com deficiência visual. Além disso, oferece novo campo de trabalho para educadores, jornalistas e vários outros profissionais. Confira os detalhes sobre o tema com as audiodescritoras Marisa Pretti (atriz e jornalista) e Márcia Oshiro, sócias da empresa As Meninas dos Olhos . Reportagem do programa Educar Para Ser Grande, gravado na Biblioteca Braille do Centro Cultural São Paulo. Mais detalhes? Email para: educarparasergrande@gmail.com.

Mais sobre audiodescrição
Carla Diacov nasceu em São Bernardo do Campo, SP, Brasil, 1975. Formada em Teatro. Estreia
Quando receberam o convite do festival Palco Giratório, do Sesc, e da audiodescritora Andreza Nóbrega
A falta de inclusão social afeta milhares de deficientes na capital federal. Seja pelo preconceito,

Audiodescritor: carreira em ascensão, mesmo em época de crise

Os ponteiros do relógio têm ritmo próprio, dependendo de quem consulte as horas. Para aqueles que foram diretamente afetados pela crise econômica e o desemprego — que atingiu 6,9% em junho, a maior taxa dos últimos cinco anos segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) —, as horas andaram para trás. No entanto, para quem resolveu apostar em determinados mercados novos, em que há mais demanda do que oferta de profissionais, a marcha dos ponteiros continua à frente.

Mais sobre audiodescrição
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se
A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político

Mercado cultural acessível está em franca expansão

Aos poucos, a audiodescrição começa a ganhar espaço. Apesar de um número ainda baixo de produtos com o recurso, Porto Alegre é um dos polos nacionais que mais aposta na área, junto com São Paulo e Recife. O cinema tornou-se a área que mais investe no recurso. No ano passado, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) determinou que todos os filmes e demais produções audiovisuais aprovadas desde 18 de dezembro de 2014 e financiados com recursos públicos incluam legenda descritiva, audiodescrição e Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Mais sobre audiodescrição
Carla Diacov nasceu em São Bernardo do Campo, SP, Brasil, 1975. Formada em Teatro. Estreia
A audiodescrição está entre as melhores formas de inclusão da pessoa com deficiência visual. Além
Quando receberam o convite do festival Palco Giratório, do Sesc, e da audiodescritora Andreza Nóbrega

Novas e antigas profissões

Com o avanço tecnológico e a mudança de hábitos, atividades tradicionais desaparecem e cedem lugar a novas formas de trabalho, muitas delas inimagináveis há poucos anos. O sapateiro, o alfaiate e o ascensorista são profissionais cada vez mais escassos. Enquanto isso, novos campos de atuação ganham espaço no mercado como o audiodescritor, por exemplo.

Mais sobre audiodescrição
Carla Diacov nasceu em São Bernardo do Campo, SP, Brasil, 1975. Formada em Teatro. Estreia
A audiodescrição está entre as melhores formas de inclusão da pessoa com deficiência visual. Além
Quando receberam o convite do festival Palco Giratório, do Sesc, e da audiodescritora Andreza Nóbrega

Revisão cognitiva e consultoria em audiodescrição

Viabilizar o desenvolvimento e a produção de recursos inclusivos, na Comunicação de Acessibilidade, para permitir o acesso ao conteúdo exibido pelos meios de comunicação e de cultura, nas suas mais diferentes manifestações, às pessoas com deficiência visual, auditiva e intelectual, tem sido um trabalho cada vez mais recorrente no mercado brasileiro. Agências, produtoras e empresas dos mais diferentes segmentos têm buscado esses recursos para ampliar a efetividade das suas marcas, produtos e serviços a um público ávido por informações assertivas. Entretanto, os recursos inclusivos não só exigem especialização e conhecimento por parte dos seus desenvolvedores, como também precisam ser avaliados quanto à eficiência e qualidade. Porque tão importante quanto viabilizá-los, é apresentar um conteúdo que comunique com riqueza de informações e detalhes, permitindo a desejada autonomia. Neste sentido, entendemos como essencial a revisão cognitiva para garantir a acessibilidade com qualidade.

Mais sobre audiodescrição
A atividade de consultoria em audiodescrição é desempenhada por pessoas com deficiência visual (cegueira ou
O cinema, como arte audiovisual, se comunica por meio de uma linguagem. No que se
A Associação Gaúcha de Audiodescritores (AGADE) tem buscado, cada vez mais, afirmar seu papel político