Postagens do assunto: Carnaval

Grande! Audiodescrição estará na Marquês de Sapucaí

O carnaval deste ano não será igual ao que passou, pelo menos para os portadores de deficiência visual. Eles terão à disposição um serviço de audiodescrição: na entrada da Marquês da Sapucaí receberão um fone, por onde poderão ouvir uma narração ao vivo do que acontece na avenida.

Rede Globo censura o termo audiodescrição?

Alguns dias atrás, militantes na luta pela implementação da audiodescrição na programação das emissoras de televisão protestaram indignadas contra matéria veiculada no jornal "Bom Dia Brasil", da Rede Glogo:

Carnaval Acessível de SP também terá camarote da acessibilidade

Por iniciativa da SP Turis em parceria com FMU e a colaboração da Fundação Dorina Nowill para Cegos, durante as 3 noites de desfile das escolas de samba do Carnaval Paulistano, haverá um camarote especial no sambódromo, equipado com recursos que permitirão acessibilidade para 25 pessoas com deficiência visual e seus respectivos acompanhantes. E mais: os participantes também visitarão o ensaio de uma escola de samba e a concentração dos carros alegóricos. Tudo isso para tornar o carnaval acessível para os paulistanos.

Carnaval, eu também quero

Escolhi este tema para inaugurar o blog porque a audiodescrição faz o mundo das pessoas cegas muito mais informativo e colorido.
Apontado por muitos como um dos maiores espetáculos da Terra, o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro encantou mais uma vez os milhões de telespectadores que puderam acompanhar em cada detalhe a passagem das 12 agremiações do Grupo Especial na Marquês de Sapucaí.

AUDIODESCRIÇÃO E CARNAVAL – QUE BOM SERIA…

Que bom seria se os comentaristas do Carnaval da Rede Globo inserissem em seus discursos repletos de informações técnicas e históricas sobre cada escola de samba, mais elementos descritivos que propiciassem às pessoas com deficiência visual (certamente muitas são telespectadoras da Rede Globo) um entendimento maior e mais completo do maravilhoso espetáculo carnavalesco… O espetáculo poderia ser acessível e, além das pessoas com deficiência visual, outras pessoas como idosos, pessoas com deficiência intelectual e pessoas com dislexia poderiam também se beneficiar. Isso sem falar de todos os espectadores que prestariam mais atenção nas combinações inusitadas de cores, materiais e detalhes das alas, carros alegóricos e fantasias, ligando-os às épocas históricas e ampliando sua experiência estética.